Archive for » Julho, 2010 «

Fantasias sexuais-tenho tesão

Olá! Isto aconteceu há uns dias atrás, não consigo esquecer. São fantasias sexuais, fantasias perversas, na minha mente, tenho tesão e só quero por as minhas fantasias sexuais em prática….
Eu estava sozinha nessa tarde de sexta-feira, eram umas 16 horas, eu fui de carro dar uma volta por ai, apanhar ar, estava de mini saia e bikini por baixo, estava calor, podia ser que quisesse dar um salto à praia, e tinha um top cai cai.
Cheguei a uma aldeia, não sabia bem onde estava, tinha seguido a auto-estrada. Então decidi parar num café meio pequenino…para ir a casa de banho e beber alguma coisa.
Fui entrando, era escuro quando se entrava, tinha duas cadeiras de plástico velhas à entrada, estava um senhor sentado numa delas..forte, a fumar um charuto, bigode vasto e escuro, sobrancelhas grossas e despenteadas, ar arrogante, mas pronto estava na dele…
Viu-me entrar, olhou para as minhas pernas e disse boa tarde, eu disse boa tarde também..
Fui ao balcão, estava um homem de uns 63 anos, alto, barbas, mãos e braços tatuados, camisa aberta, cara enrrugada, mas simpático.
Perguntei pela casa de banho e pedi um café e um copo de agua..e fui à casa de banho.
Molhei o pescoço, as pernas, até aproveitei e senti a minha rata molhadinha também, molhei o cabelo…já estava a ficar excitada… enfim..
Saí para fora, vejo um senhor entrando na casa de banho, e roçou o pau em mim, eu estava tentando passar, e fez um ar de:
“- tá caladinha…hmmm”
Com uma respiração ofegante, agarrou-me o pulso enfiou-me na casa de banho com ele, bem apertada com um urinol nojento, e começou a esfregar-me toda encostada à porta.
Eu dizia:
– pára por favor!!!!

E ele esfregava aquelas mãos grossas no meu corpo, as minhas mamas apertou bem forte, e muito rápido puxou meu top para baixo e agarrou meu peito com força em direcção à sua boca farfalhuda de bigode, e sempre com aquela respiração ofegante e grossa, com gemidos graves…
Depois, torturou a minha rata com os seus dedos, a roçar com tanta força nela, sentia a minha rata inchar…
Ele abriu suas calças enquanto me chupava as mamas, ele era forte, e mauzão, com muito tesao…
Seu pau sai para fora das calças, é escuro e grosso..mete a minha mão no pau dele…e me faz fazer movimentos, eu digo para parar mas ele responde:
– cala a boca sua vacarrona, senão ainda te fodo o cu…

Eu disse:
– por favor não!!!!
Então ele mandou:
– baixa de joelhos e me chupa!
Eu não queria mas ele me forçou tanto….
Enfiou seus dedos gordos na minha rata, eu não gostei, preferia me agaixar e chupar a pica grossa do velho safado…
Eu chupei, agarrei bem, de maneira que acabasse rápido…mas não, eu só dei três chupadelas….Fantasias sexuais-tenho tesão
Ele me virou e enfiou seus dedos na minha cona e foi dizendo:
– gosta sua puta??? vá nao digas que não!!!! Agora vais levar com os meus 3 dedos! hmmm tão bom vacarrona…delicias-te??? Quando saíres daqui vais pegar no café e vais te sentar na mesa percebeste?

Eu respondi:
– aiaiaaaaaaiiiiiiiii hummmmm não tira..agora não tira vai…estou quase a vir-me…hmmmm..aaaaaiaai…. Sim eu me sento na cadeira, bebo o café e não conto nada…aaaaaaiiii
Ele parou..me passou com sua língua grande, cheia de saliva na minha mama e chupou bem forte apertando a outra…ai meu deus como eu estava a gostar daquilo???
Que nojo..como é possível??? Mas me deu uma tesão…eu fiz o que ele mandou, me lavei novamente.
Caí em mim, com vergonha de terem ouvido algo fui ao balcão buscar o café… estava mais um homem que entrou meio velhote também…me olhou sem jeito, quase que acredito que ele ouviu tudo…
Eu me sentei e o homem que serviu o café, me disse:
– Porque não se senta calmamente, mas venha só aqui quero dizer-lhe uma coisa..
Eu fui de lado pela entrada do balcão, ele disse-me ao ouvido:
– Eu não gosto de me meter..mas..
E devagar pegou na minha mão e pôs em cima do caralho dele, por cima das calças enquanto abria as calças com a outra mão..
Eu nem queria acreditar..teria que foder com aquele também…
Ele mandou-me abaixar, de joelhos e chupar ali quase à frente de todos os velhos…ele também era um!!!

Que nojo..eu baixei-me, olhei para todos eles, e pus o caralho todo na boca..chupei, chupei todo dentro da minha boca..fazia gestos de faminta por pau na minha boca..
Foram se aproximando sempre a sorrir, com o pau na mão, um dos velhos era preto, veio esfomeado enfiando a minha rata toda na boca dele cheia de saliva..lambendo que nem um cão, da rata ao cu..molhando tudo..eu já delirava com tamanha língua do homem safado…
Aquele velho pretalhão quis que chupasse seu pau..o outro me agarrou pôs-me em cima da mesa…eu tive que chupar três caralhos ali..
Eles me foderam, esporraram na minha cona e no meu cu..
Eu delirava a rebolar no pau deles..
Então, de quatro, foderam-me toda…meu cu adorava o preto grosso…encheu meu cu de porra…
O homem do café esporrou a minha rata toda e ainda me esporrou a boca, foi de doidos.

Bateram tanto no meu rabo, lamberam-me toda, enfiaram tantos dedos, cuspiram..chamavam-me tudo:
– vacarrona, putinha boa..chupa meu pau sua cabra…leva todo com ele filha duma puta..pega nele já!!!! Fodo sua boca toda …você vem ai toda sozinha pro desconhecido…não acha que há pau faminto por ai sua puta??? Vai levar mais ainda…se eu te vir mais alguma vez vais levar com meu cão também..e meu amigo carlos..o pretalhão gigante que te arrebenta…
Eu só dizia:
– você não tem coragem velho safado…seu depravado..porco!!!! Só quer foder cona à força…come sim…come minha rata!!!! vai! Mais, mais, deixa de conversa…
No fim adorei…fui embora… 🙂 não sei se vá lá outra vez….

Peguei minha cunhada

Minha cunhada é uma mulher normal mas gostosa.
Sempre tive muito tesão por ela mas nunca tive coragem de canta-la.

Quando o marido dela começou a trabalhar fora da cidade foi minha deixa para tentar algo com ela.
Certo dia ela me pediu para fazer uma pesquisa na internet para ela. Eu disse-lhe que ela poderia vir até minha casa já que moramos perto.
Ela respondeu dizendo que só iria quando minha mulher chegasse do serviço, eu falei que tudo bem e fui para casa.
Fiquei vendo uns sites de sexo…
Passaram-se uns 40 minutos quando ela chegou no portão chamando, logo abri, ela entrou com uma calça coladinha mostrando aquele recheio delicioso.
Depois pediu-me para usar o pc, fiquei atrás dela auxiliando porque ela não sabe muito de computador.
Toda a vez que ela me pedia ajuda eu encostava minha vara nas costas dela que estava muito dura…. foi assim umas cinco vezes até que ela me disse:
– nossa tem alguma coisa dura aí…. rsrsrs
Eu falei:
– você gostou?
Ai ela deu uma risadinha e disfarçou. Foi quando eu falei para ela que sempre tive tesão nela por isso estava assim… Peguei minha cunhada
Ela me pediu para não encostar mais pois ela já estava uns vinte dias sem sexo.
Foi quando eu disse para ela que podia resolver o problema dela mesmo naquele momento.
Novamente ela deu uma risadinha e disse que precisava de ir ao banheiro.
Achei normal pois todos vamos ao banheiro né!
Mas quando ela saiu do banheiro, estava só de lengerie.

Quando vi aquilo tudo não acreditei pois ela era melhor do que eu pensava!!!!!
Ela me disse que não aguentava mais se masturbar e queria uma rola nela.
Começamos a nos beijar loucamente ela foi logo com a mão no meu pau que estava latejando de tão duro. Quando ela foi descendo e começou a chupar… que delicia, não demorou eu dei uma gozada como nunca tinha feito antes!!!! Tudo na boca dela!!!
Ai, sem que meu pau ficasse mole ela continuou a chupar…. como chupava gostoso!!!
Dei uma fronha do travesseiro par ela se limpar. Ela se deitou totalmente nua na minha cama, comecei a chupar aquela buceta deliciosa enquanto ela gemia de tesão quanto mais ela gemia mais meu pau ficava duro.
Foi aí que ela quase que me implorou:
– enfia esse pau logo em mim!???

Se virou de 4 com aquela bunda maravilhosa. Coloquei meu pau bem na beira da xana dela e comecei a esfregar enquanto ela gemia dizendo que iria gozar.
Continuei até que ela gozasse com um gemido de tesão urrando como uma vaca…
Depois, enfiei meu membro com carinho nela… que delicia, ela urrava muito, continuamos em varias posições. Foi quando ela disse que iria gozar novamente que queria gozar junto comigo.
Então passamos para um 69 até que ela gozou mais uma vez.
Que delicia de caldo que vinha daquela buceta linda!!!
Quando eu gozei de novo na boca dela, ela ficou ali com aquela porra na boca até engolir tudinho, com uma cara de safada dizendo que estava muito satisfeita, que tinha matado a vontade de transar comigo. Isso para mim foi uma surpresa enorme pois pensei que era só eu que tinha vontade de come-la.

Ficamos por mais uns 15 minutos na cama até que ela disse que iria embora…
Quando estava saindo ela disse que da próxima vez queria fazer anal pela primeira vez…. já que seu marido tem nojo de anal, ele deve ser um trouxo mesmo…
Há, esqueci de contar que ela é casada com o irmão da minha mulher….
Espero que tenham gostado, na próxima conto como foi o anal!

Fantasias sexuais – eu e meu namorado fodendo numa festa

Olá, me chamo Nani, tenho 1,67 de altura, sou morena clara, meu namorado diz que sou muito gostosa…
Bom vamos começar, era uma tarde de sexta-feira estava na minha casa me arrumando para irmos a uma festa na casa da mãe dele.
Quando deu umas 8,30 da noite ele buzinou e eu desci…
Estava com um vestido azul claro na altura do joelho, entrei no carro e vi que ele estava com uma calça e uma blusa que dava para ver o peito cabeludo dele (ele sabe que eu amo quando ele se veste desse jeito) ai não aguentei.
Comecei a beija-lo, e disse que já não queria mais ir para esta festa mas…. tive que ir mesmo assim.
Ele vendo que eu estava com muito tesão por ele, dirigindo em direcção a casa da mãe dele mas, começou a alisar as minhas coxas subindo meu vestido e passando a me acariciar.
Eu já estava toda molhadinha, quando vi que já estávamos chegando na casa onde estava acontecendo a festa.
Eu pedi que ele estacionasse o carro em uma vaga bem escondida para que ninguém nos visse.
Comecei a chupa-lo com muita vontade que ele logo gozou na minha boca…. Fantasias sexuais - eu e meu namorado fodendo numa festa
Ai sim fui à loucura, fui por cima dele e sentei em seu pau duro como uma pedra e delicioso. Comecei a cavalga-lo e ele começou apertando meus seios e mordendo eles uma hora ele me beijava outra mordia meu pescoço…

Pedi para ele afastar o banco do carro para eu me virar e dar meu cuzinho a ele, ele prontamente fez o que eu pedi e sem demora ele começou a me penetrar com bastante força e comecei a gritar.
Ele puxando meu cabelo me chamando de vagabunda, piranha e isso me enlouquecia cada vez mais… ele comendo meu cu com seu cacete e as mãos dele penetravam na minha bucetinha toda melada.
Não aguentamos e gozamos os dois juntos, eu queria mais só que não no carro!!!

Saímos do carro já recompostos do nosso pit stop, nos arrumamos e fomos para festa que estava acontecendo.
Entramos na sala e vimos que todos estavam muito animados e não demorei muito começamos a beber e a dançar…
Comecei a me esfregar no corpo dele, ia descendo minha mão ate seu cacete, apertava e soltava…

Ele já estava com muito tesão e eu continuava ali dançando, beijando-o bem gostoso mordia os lábios dele.
Lá pelas tantas da madrugada ele falou em meu ouvido:
– quero te mostrar uma coisa…
Eu disse:
-tudo bem.
Saímos da sala e fomos ate o antigo quarto dele.
Quando entrei fui logo deitando na cama dele e chamando ele…
Ele se deitou e fizemos um 69 maravilhoso, levantei e sentei em cima do cacete dele e comecei cavalga-lo.
Pedi que me batesse bem de leve no meu rosto enquanto me xingava de puta safada, cachorra e outros nomes…
Não aguentei e me coloquei de 4. Ele logo começou a comer meu rabinho.
Comecei a gritar de tanto tesão, não aguentando mais ele gozou no meu cu e deitamos bem agarradinho.
Adormecermos durante quase a festa toda…
Quando escutamos alguém batendo na porta dele, nos arrumamos bem rapidinho e inventamos uma desculpa qualquer e voltamos para a festa como se nada tivesse acontecido…
Bom gente, esse foi meu primeiro conto, espero que gostem.
Tenho muitas fantasias sexuais, eu e meu namorado fodendo numa festa foi apenas uma delas, sou maluca por fantasias e gosto de realiza-las, as fantasias sexuais fazem-nos crescer e descobrir o prazer…


Comida pelo meu chefe

Me Chamo maryanna, tenho 21 anos, sou morena 1,67, tenho um corpo bem sarada, pois faço academia.
Tenho uma bundinha bem empinada e meus peitinhos são durinhos.
Vou contar aqui como fui comida pelo meu chefe….

Trabalho como secretaria de um advogado, na sala só ficamos ele e eu, ele aparenta ter uns 40 anos, é alto, forte, muito gostoso, tem olhos azuis.
Gosto de vestir roupas curtas pois me sinto mais sensual, quando estou em casa sozinha gosto de ficar só de calcinha.
No começo o meu chefe me tratava normalmente, nunca tinha me feito um elogio sequer… ele também era casado.
Depois, fomos ficando mais íntimos, conversávamos bastante e ele sempre me chamava para almoçar.
Já estava me apaixonando pelo meu chefe pois ele era muito sincero e sempre em nossas conversas dizia que tinha um casamento muito ruim e que a mulher dele não era boa de cama… que ele estava muito carente, tanto de sexo quanto de uma companheira que o compreendesse…
Fiquei muito feliz por saber que eu teria chance!!!comida pelo meu chefe
Então me preparei para o ataque.
Fui trabalhar de saia bem justa e curta, uma blusinha branca transparente, um tamanquinho…
Quando cheguei no escritório ele olhou para mim, mas não falou nada.
Então eu ficava numa mesa e ele noutra, a toda hora ele estava puxando assunto comigo e eu para não ficar atrás experimentei apimentar.
Então ele começou elogiando os meus peitinhos pois estava sem soutien, queria mesmo provoca-lo, falou que era do tamanho certinho, e que tinha muita vontade de sentir-los….

Eu falei que também queria que alguém pegasse neles… ele não pensou duas vez, se levantou da sua mesa, chegou perto de mim, deu-me um beijo bem gostoso e falou que não estava mais aguentando que me achava muito gostosa, e que estava completamente louco por mim!
Ele me beijou intensamente, fiquei sem fôlego, ele passava a mão na minha bunda, eu sentia o seu pau bem duro dentro da calça…
Agarrou os meus peitinhos pois os bicos já estavam duros de tesão, então ele não aguentando mais aquela caricia,tirou-os para fora e começou chupa-los.
Eu estava com muito tesão, comecei a gemer baixinho, um tesão enorme estava me possuído. Então ele tirou o seu caralho para fora, era um caralho grande e grosso muito delicioso, meti a boca nele e comecei a chupa-lo.
Estava louca por aquele caralho, ele gemia e me chamava de puta, que eu era muito gostosa… então sentei em cima da mesa do escritório, tirei a saia e e abri as pernas, fiquei toda arreganhada para aquele macho.

Ele começou a chupar a minha buceta como um louco eu estava morrendo de tesão e comecei a gemer um pouco mais alto como cadela no cio então ele me falou que queria me comer de quatro.
Virei-me e fiquei escorada na mesa com a bundinha bem empinadinha.
Ele meteu o pau na minha buceta tão gostoso, entrou de uma só vez até que doeu, então já estava tomada pelo tesão, ele começou a bombar rápido e com muita força e eu já não estava aguentando….
Avisei para bater mas que eu iria gozar!!!!!
Gozei tão gostoso naquele pau, depois ele começou a socar bem rápido e deu um grito forte e gozou dentro da minha bucetinha, enchendo ele todinha de porra.

Nos lavamos, demos uns beijos bem gostosos e fomos de voltar ao trabalho.
Desse dia em diante virei amante do meu patrão e tivemos outras fodas gostosas, e como ele comeu o meu cuzinho pela primeira vez só na próximo conto.
ATENÇÃO MEUS CONTOS SÃO REAIS,VIDIDOS POR MIM,MARYANNA
Comentem se quiserem.

Chupada de Sonho

Tenho uma amiga de longa data que vive em França e depois de muita insistência dela fui visita-la a Paris.
Quando cheguei a minha amiga que se chama Patty estava a minha espera no Aeroporto, daí fomos directos para a sua casa que fica num bairro perto da Disney.
Ela me apresentou o seu marido muito simpático de 45 anos o Bonie, e ela mais nova de 41 mas com um corpo muito bonito e em forma.
Nessa noite saímos todos para jantar e para me mostrarem alguns lugares da noite de Paris.Chupada de Sonho
Já eram cerca das 4 da manhã quando chegamos a casa e fomos dormir.
O meu quarto já estava preparado e ficava no corredor a seguir ao deles.

Ela foi-se despedir de mim e levava vestido uma t-shirt branca e uns calções curtos de dormir, pude adivinhar os seus mamilos bem tesos debaixo da sua t-shirt branca e as curvas da sua bundinha bem redonda, ela se despediu com um beijo de boas noites e me disse que de manhã preparava o pequeno almoço para mim.
No outro dia quando acordei ela já estava levantada e o meu pequeno almoço estava pronto, ela disse-me que o Bonie já tinha ido trabalhar.
Depois do pequeno almoço eu fui para o WC tomar o meu duche e me preparar para sair, já no meu quarto enquanto me despia, a Patty entrou e me perguntou se precisava de alguma coisa, eu lhe respondi que não que logo eu estava pronto para sairmos, então ela encostou-se a mim e beijou-me com a sua boca de mel, enquanto seus braços se cruzavam no meu pescoço e me disse que queria chupar o meu pau, porque estava com saudades dele…

As suas mãos desceram e pegaram o meu pau que já estava duro de tesão desde a noite anterior.
Ela me chupou devagar engolindo o meu pau até ao fundo e lambendo e mordendo ele com grande requinte, eu segurava os seus mamilos duros e tesos enquanto ela me chupava divinalmente.
Então pedi-lhe que se voltasse para lhe meter meu pau na sua cona que já estava molhada de prazer, mas ela disse-me que ela só queria me fazer gozar na sua boca, o resto ficava para mais tarde…
E assim foi suas mãos e sua boca trabalharam afincadamente até que já não aguentei mais e terminei gozando na sua boca, meu leite escorreu pelo seu queixo, peito e pelas sua mamas, ela saboreou meu leite e olhou-me nos olhos enquanto me perguntava se tinha sido bom, eu a levantei e beijei a sua boca ainda molhada de mim e nossas línguas se entrelaçaram demoradamente num beijo de desejo ardente.
Espero que tenham gostado. Beijo