Archive for » Outubro, 2010 «

traição prevista

Oi, me chamo Danubya,sou morena tenho seios fartos, bumbum empinado, tenho 27 anos e casada a 5 anos.
Tive em minha vida apenas dois homens meu marido e meu primeiro namorado.
Minha vida sexual tem sido meio monótona,as mesmas coisas sempre as mesmas posições, sou uma mulher muito fogosa e tenho um fogo fora do normal.
Por varias vezes fiquei a ver navios por ele não dar conta. E quem não da assistência abre concorrência…
Até então tinha me acostumado com essa situação e como tudo tem um limite.
Passando estes dias na rua, um conhecido meu começou a mexer comigo, a me elogiar dizendo que estava gostosa para caramba, que a minha bunda lhe dava o maior tesão e que eu estava muito diferente. Junior é moreno, alto, magro, lábios carnudos uma graça de homem.Traição prevista
Saindo do trabalho Jú me ofereceu uma carona e perguntou se era casada disse que estava casada mais que cavalo preso também pasta. Precisava ver até onde ia o tesão dele, peguei seu numero de telefone e fiquei de ligar.
No domingo da eleição(03/10/2010)estava trabalhando quando Jú passou para votar, indignado me questionou porque eu não havia ligado porque estava com muito tesão e doido pra me comer.
Neste momento já estava com o tesão a flor da pele e molhadinha, fui pra casa tomei um banho e disse ao meu marido que iria a casa de uma amiga…
Ele me ligou me pegou na esquina de casa,fomos a uma rua deserta ,não falamos nada apenas nos olhamos e beijamos com muito tesão.
Jú com todo carinho tirou minha roupa pegou meus seios e começou a mamar sem parar nossaaaa fui à lua e voltei que tesão de homem que delicia de chupada, tirou sua roupa e logo fui a procura de sua pica fiz aquela gulosa bem caprichada deixando todo meladinho.
Logo colocou a camisinha não pensei duas vezes sentei no colo dele e rebolava igual uma louca,tudo era tão novo que nem gemia direito apenas minha respiração mostrava o tesão que sentia. Fiquei de 4 minha posição favorita e ele metia tão gostoso do jeito que gosto bem rápido metia com força que não resisti e gozei.
Adoro também levar uns tapas e nem foi preciso nem falar parecia que Jú me conhecia e sabia como gosto, diante de tanto tesão ele gozou e o pau dele nem ficou mole colocou outra camisinha e me virou na posição papai e mamãe para meter bastante.
Me chingava e me batia:
– Cachorra estava louca pra meter comigo sua puta safada!

Que delicia de foda já estava toda molinha.
Para algumas coisas sou tímida mais para outras sou pimenta pura.
Depois que gozou de novo Jú pediu para fazer um boquete nele foi imediato a ordem obedeci como toda boa cadelinha .
Mamei aquela pica até pedir leite. Ele implorava pra que eu engolisse toda a sua porra eu fazia charminho e dizia que não mais levei ele ao delírio quando falei:
– Delicia goza na minha boquinha me da leitinho dá.
Puta, que gozada, engoli tudinho e ainda assim sugava cada vez mais ele começou a tremer e gemia muito alto dizia que nunca havia sentido aquilo e que foi incrível.
nos vestimos me deixou em casa mais antes me deu um beijo e disse que ainda vai me comer de novo.
Eu é lógico que vou topar…
incontri online

Sozinhas em casa

Bom, meu nome é Yasmin, tenho 17 anos, faço academia há 4 anos então tenho um corpo bastante escultural. Pele morena queimada de sol, daquelas que dura o ano inteiro, barriga durinha, seios fartos e uma bunda grande e empinada, coxas grossas e cabelos pretos até a bunda.
Chamei minha amiga Brenda para dormir em casa já que estava de bobeira numa sexta feira e não estava muito afim de sair, ela é maravilhosa, quase o mesmo modelo que eu, mas bem melhor! Quando chegamos em casa minha mãe estava se aprontando para ir a balada e já estava de saída. Quando ela saiu começamos a beber e conversar, até que umas 23:00 caímos no sono de tão cansada.. bom, pelo menos eu.sozinhas em casa
Quando foi 00:00 ela me acorda desesperada e pergunto o que havia acontecido.
– Não aguento mais de tanto tesão por você!
Confesso que fiquei bastante assustada pois nunca percebi que sentia atracão por mulheres. Fiquei molhada na hora porque a muito tempo me masturbava pensando nela.
Então lasquei um beijo gostoso nela, e fomos para o quarto de minha mãe, que tinhas bastantes brinquedos eróticos escondidos, mas eu sei muito bem onde ficavam.
Ficamos se beijando uns 15 minutos então levantei para encostar a porta, ela sentou no sofá e pediu para eu sentar no colo dela.
Estava vestindo uma camisola sem sutiã e calcinha fio dental, ela abriu as pernas e me encaixei de lado, e ela ficou acariciando minha buceta por cima da calcinha que já estava toda encharcada!
Foi quando ela desceu a cabeça e foi beijando meus peitos, eu gemia bem baixinho e já não estava aguentando mais aquela mão por cima da calcinha.
E então, ela desceu e abriu minhas pernas e tirou minha calcinha e começou a chupar, chupar com vontade , enfia a língua na minha entradinha, mordia meus grelos, eu ia à loucura até que gozei na boca dela, ela engoliu todo meu melzinho me deixando limpinha.
Joguei ela na cama e fui beijando seus peitos, virei ela de 4 e comecei a chupar com muita vontade e ela gemia gostoso. Enfiei 2 dedos e comecei a estocar aquela que ela gozou, limpei tudo e nos beijamos.
Então abri a gaveta e avia um consolo com suspensório, então ela o vestiu e sentiu no sofá, eu sentei na coxa dela e fiquei roçando meu clitóris molhando toda a sua coxa, ela me puxou e ficou batendo uma para mim com aquele pinto de borracha e me levava a loucura, então sentei nele, escorregou muito fácil pois estava encharcada, e ela pegava no meu peito com uma mão e a outra roçando meu clitóris.
E dizia:
– Vai sua putinha, geme pra mim geme, que buceta gostosa, a muito tempo eu te queria, geme mais.
E meus gemidos ia ficando mais intensos até que gozei, depois chupei todo o consolo. Ela o tirou e eu coloquei com um pé no chão e o outro no braço do sofá, e comecei a chupar aquela buceta maravilhosa toda molhada, peguei um consolo e comecei a estocar e enquanto ela gemia eu dizia:
– Vai sua puta, não era isso que você queria? Agora geme gostoso.
E ela rebolava naquela pica grande e grossa. Até que gozou.

Fizemos um 69 delicioso e ela lambia meu cuzinho e enfia a língua, e eu também, ela enfia aqueles dedos em mim e me preenchia toda, enfiava com vontade até que tivemos um orgasmo múltiplo.
Nos beijamos e arrumamos tudo, e fomos dormir, minha mãe me acordou no outro dia dizendo se a gente não queria viajar. Dissemos que não e então ela foi com o namorado e ficamos sozinha em casa por 5 dias, mas isso deixa para o próximo conto…
incontri online

Fantasias loucas

Olá, meu nome é Pablo, tenho 25 anos, sou loiro, me acho bonito até porque me valorizo muito. Tenho mulher e vou contar nossa relação sexual.
Há 3 anos que estou junto com minha mulher, sempre fizemos um sexo muito gostoso, sempre gostei de lamber a bucetinha dela e ir descendo até ao cuzinho dando aquelas linguadinhas que deixam ela arrepiada.fantasias loucas
Gosto muito que ela chupe meu pau e engula ele todo me fazendo delirar, sempre adorei um 69 com ela chupando meu pau e eu lambendo a bucetinha e o cuzinho dela faço ela delirar de tesão e satisfação, mas ela não deixa eu enfiar minha piroca no cuzinho dela já tentamos varias vezes mais ela sente muita dor mesmo usando lubrificante ela não aguenta nem um pouquinho.
Há uns 3 meses atrás nós estávamos transando muito gostoso quando ela gozou meu pau todo, ela saiu de cima dele e caiu de boca fizemos um 69 muito delicioso tão delicioso que eu decidi diferenciar mais um pouco.
Ela chupava meu pau ate as bolas e foi quando eu segurei a cabeça dela abri mais as minhas pernas e fui pedindo para ela lamber em baixo do meu saco ela foi lambendo e eu ficando mais louco fui abaixando mais a cabeça dela ate que a língua dela passou molhadinha no meu cu eu senti um tesão imenso e ela foi passando mais a língua ate que eu relaxei e ela foi dando varias linguadas no meu cu e esfregando a buceta na minha cara.
Meu pau latejava de tanto tesão, ela ia enfiando a língua lambuzando meu cu ate que peguei a mão dela lambuzei de dedo dela em minha boca e apontei ele na direcção do meu cu e ela foi enfiando o dedo ate o final foi quando eu comecei a enfiar meu dedo no cuzinho apertado dela.
Ela começou a se contorcer e dizer que estava doendo muito que não ia aguentar e o pior era que eu estava louco para comer o cuzinho dela por isso fiz isso tudo com ela…
Sempre fui louco por sexo anal, e a minha maior fantasia é comer o cuzinho dela e ver ela com uma cinta peniana penetrando em mim, mais ela não sente essa vontade, ela só gosta de dar linguada e de levar lambidas na xota.
Eu quero muito tranzar com uma mulher totalmente liberal e fazer loucuras com ela, até ela gozar bastante na ninha rola. Adoro uma buceta gozando em cima do meu pau é uma delicia sentir o caldinho da buceta lubrificando minha pica.
Minhas fantasias só são com mulheres nada de homens , gays e travestis.
Só mulheres bem cheirosas que se cuidam e adoram curtir uma louca aventura.
Se tiver alguma mulher afim a gente pode conversar meu email é ( pablorc_rj@hotmail.com ) moro na zona sul do rio só me adicionar para a gente se conhecer.
Vou esperar pelos comentários.
incontri online

Contos de sexo real – fui comida pelo meu pai

Oi gente vou relatar o meu conto de sexo real, que é verdadeiro, pra voçês ok. Fui comida pelo meu pai, tenho 19, sou loira, cabelos que batem na bunda, branquinha, um corpo não diria escultural mais atraente, bumbum que enloquece qualquer homem, seios médios.
Tudo começou quando eu tinha 16 anos. Meus pais eram separados por isso morava com a minha mãe no interior de São Paulo.
Com o passar do tempo a minha mãe arrumou um namorado e eu e ele não nos dava-mos muito bem, foi ai então que decidi ir morar com papai em São Paulo.
O meu pai era um coroa bem atraente por volta dos seus 42 anos, ele tinha um corpo que superava qualquer garoto de 18 ao 26 anos.
Bom quando papai ficou sabendo que eu iria morar com ele ficou muito feliz porque fazia 2 anos que não via ele só falava por telefone… quando cheguei na rodoviária papai veio, me abraçou forte e disse que eu estava uma moça linda já, foi estranho quando papai me abraçou senti uma coisa por dentro de mim que tremia, bom fomos pro apartamento e chegando lá fui tomar banho e papai foi arrumar o almoço para mim…

Quando sai do banheiro papai estava no quarto preparando a cama para eu dormir já que a viajem tinha sido cansativa.
Bom, eu almocei e fui tirar uma soneca, não dei muita importância em dormir de calcinhas e a blusinha do meu pijama alias estava com o meu pai!!!
Foi ai então que me deparei com o meu pai no quarto alizando as minhas pernas e o pau dele… quando perguntei o que era aquilo ele ficou assustando…
Então disse para eu não fazer escândalo e perdoar ele.
Confesso para vocês que adorei ver o meu pai excitado ao me alizar… bom, falei para ele não fazer mais aquilo, ele topou na hora.
Passou vários dias e papai não tinha tentando mais nada comigo.
Numa noite de chuva forte e trovões fui dormir com ele pois estava com medo. Contos de sexo real - fui comida pelo meu pai
Deitei de conchinha com ele e pedi para ele me abraçar porque estava com medo. Quando papai me abraçou e respirou perto da minha nuca senti um arrepio e gemi baixinho foi ai que o meu pai me perguntou:
-O que tinha acontecido?
-E eu falei pra ele :
– Que tinha sentindo uma dor de cólica.
-Então ele falou:
– A tudo bem então você quer que eu vou comprar um remédio para você?
-E eu disse:
– Não precisa não pai, vai passar logo logo….
Bom no meio da noite acordei para beber agua e vi que o pau do meu pai estava duro foi ai então que eu peguei aquele caçete na minha mão e comecei a fazer um boquete. Meu pai se contorcia na cama mais não abria os olhos acho que era para eu não me assustar e parar.
Foi ai então que o meu pai gozou um monte de porra na minha boca.

Fui me limpar e beber agua e voltei a dormir quando acordei meu pai já não estava mais na cama fui então ate à cozinha e deparei com o meu pai nu na cozinha com uma caneca de leite na mão.
-Falei bom dia papai…
E ele me perguntou:
-Dormiu bem a noite minha filha?
Falei que sim e fiz a mesma pergunta a ele…
Ele disse:
-Melhor era impossível!
Sentei na mesa para tomar café foi então que meu pai me grudou no cabelo e me falou:
-No meio da noite pensa que eu não vi você chupar o meu pau não em..

Eu com medo com o que ele pudesse fazer comecei a chorar falando para ele não me bater.
-Ele falou:
– Você acha que eu vou bater em você meu anjo acha GRITOU não só vou te pedi para você fazer mas um boquete daquele jeito para mim!
Eu ajoelhei e comecei, ele começou a gemer e a falar aonde eu tinha aprendido aquilo…
Eu falei para ele que foi com um namorado meu.
Então ele me perguntou:
-Você é virgem ainda?
Eu disse:
-Não, mas só tranzei 1 vez!
Então ele falou:
-Agora vai ser a sua segunda vez então!!!
Pegou em mim e me colocou de costas me apoiando sobre a mesa…
Primeiro ele enfiou 1 dedo até deixar a minha buceta bem molhada e depois foi enfiando o seu pinto cada centímetro que entrava parecia que estava rasgando eu de novo e meu pai me falava:

– Nossa você não é virgem mas é bem apertada!!! O cacete do seu namorado parecia uma caneta então né?
E eu tinha que concordar porque era a mais pura verdade. Ele meteu ate o talo e disse:
-Agora vou te arrombar filhinha…
E começou a bombar forte.
No meio da dor comecei a sentir muito prazer e comecei a gemer alto e pedi para que ele me comesse rápido, papai me obedeceu e comeu eu muito rápido. Foi ai que gozei a minha primeira vez. Minha perna bambiou mas papai não parou e continuou a meter.
Falei pra ele:
-Papai não aguento mais esta ardendo e estou com vontade de mijar!
Ele me disse:
– Calma putinha já estou quase acabando e outra quero que você mije!
Ele ficou metendo por mais uns 10 minutos foi ai que eu não aguentei e mijei assim mesmo.
Depois que mijei, a minha perna não aguentava não, então cai no chão.
Papai me pegou e colocou em cima da mesa e foi logo metendo em mim de novo…. logo que ele me colocou na mesa ele gozou
E falava:
-Vou gozar puta vou gozarrrrrrrrrr hoooooooo buceta gostosa…
Papai me deu um tapa na bunda e mandou eu limpar o que havia sujado. Limpei e fui tomar banho.
Chegando no banheiro papai entra e fala:
-Não acabou não putinha agora vai ser o cuzinho!
Eu pedia para ele não fazer isso mais ele não me deu bola e me colocou de 4 e começou a colocar o pinto dele na porta do meu cu!!!
Quando ele começou a forçar doeu muito, então gritei e mordi a mão dele para que ele parasse…
Ele com raiva do que eu tinha feito bateu na minha cara e enfiou com tudo… nossa dei um grito tão forte que papai colocou a mão na minha boca e ficou paralisado por alguns segundos ai então começou um vai e vem bem devagar.

Quando ele via que eu não resmungava mais, ele metia com força fazendo eu quase cagar no pau dele de tanta dor.
Depois dele gozar ele falou para mim se eu tinha gostado. Falei que sim tirando a parte do sexo anal, ai ele falou:
– Então a partir de agora vamos tranzar todas as noites você topa???
Eu respondi que sim, e ficamos fodendo durante muito tempo sem que ninguém soubesse.
Bom gente essa foi a minha historia espero que tenham gostado. Me add discretatotal18@hotmail.com

Sexo com uma Coroa no ônibus colectivo

Ola pessoal o que vou contar a gora já aconteceu comigo, meu nome e PSICO…
Bem sou moreno claro, tenho 1.80 gosto muito de fazer sexo na loucura (louco), tenho 30 anos, com um pénis de 20,50 cm, bem a historia que vou relatar aconteceu mais ou menos em 1995.
Tudo começou quando eu falei para a mina que estava saindo que iria da uma volta, ai eu fui para santos encontrar uns amigos e foi quando e encontrei com (VAMOS CHAMAR ELA) de MARTA que tinha 42 anos na época, uma senhora coroa muito gostosa com 1.68 uma bela bunda e uma deliciosa buceta.
Bem, ai agente pegou o ônibus, ate ai tudo bem mais as coisas foi esquentado e agente começamos a se agarrar ali dentro sem menos se preocupar com os passageiros do ônibus que estava lotado de gente, foi ai que eu vir que o ônibus tinha dado uma parada, fui ver ele já tinha chegado no ponto final, agente não deu a mínima, para o que estava acontecendo e nos só mudamos de lugar e fomos para na ultima cadeira e continuamos a nos agarra sem problemas, e ela pegava no meu cacete e dizia que estava com muita saudade dele, e eu pegava na xoxota dela e falava que ela era a minha puta predileta e ficamos assim um bom tempo.Sexo com uma Coroa no ônibus colectivo
Depois ela colocou o meu cacete para fora e começou a chupa, eu não conseguir me controlar e comecei a chupa os seus peitos, que eram bem gostosos.
Nessa altura, eu levantei a sai dela e começamos a fazer sexo ali, e sem perceber que estávamos dentro de um colectivo, e cada bombada que eu dava a vontade aumentava, porque eu não estava muito preocupado com o lugar ou o local eu queria era meter, trepa bastante aquela buceta quente que a cada estocada que eu dava ela gozava maravilhosamente que já estava escorrendo pelo meu pau….

Até que eu cheguei ao orgasmo loucamente e sem preocupar com o local que a gente estávamos e continuamos depois de eu te gozado como um louco dentro da buceta dela, foi quando ela pegou o meu pau e começou a chupa meu cacete de novo, e ela pagou uma bela de uma gulosa para mim, ela me fez gozar na boca dela que tomou todo o meu liquido como se tivesse tomando leite condensado foi ai que eu fui para nas nuvens!!!
Depois fomos para o motel aí é outra historia.
Ai gatinha, que gostem de sexo louco estou a disposição para vocês. Tenho muitas outras historias para contar das minhas loucura de sexo. tchau.