Fazendo a coroa gozar

Sempre tive atracão por mulheres mais velhas do que eu, no meu caso como tenho 40 anos sempre procurei mulheres na faixa etária acima da minha idade.
Em Julho do ano passado (2010) conheci através da internet (melhor coisa que já inventaram para conhecer pessoas) uma mulher (vamos chamá-la de Sandra) de 52 anos, branca, educada e atraente e que estava em pleno processo de divorcio.
Após um mês de conversa e aproveitando uma folga no trabalho eu a convidei para sair para nos conhecermos pessoalmente e bater um papo, de cara ela aceitou sem fazer muitas perguntas.
Quando a vi pessoalmente dei uma geral nela com os olhos e fiquei interessado em saber mais, depois de andarmos de carro por alguns minutos chegamos a um parque afastado do centro da cidade com pouco movimento, conversa vai, conversa vem ela deixou escapar que seu ex já estava há 6 meses fora de casa morando sozinho em outro estado, e por causa disso ela pediu o divorcio.
Segundo ela houve uma grande discussão onde cara havia dito muitas besteiras, uma delas e que “ela estava velha demais e que estava fria na cama”, continuamos a conversa quando de súbito dei-lhe um beijo na boca e ela aceitou de pronto, nos beijamos por alguns instantes e parti para o ataque fazendo varias caricias nela, ela e claro dizendo não mas com jeito fui vencendo as barreiras quando de repente abri o zíper da calça deixando amostra meu pênis já duro como uma pedra, ela não se fez de rogada e caiu de boca, foi um boquete divino onde depois de alguns minutos não consegui segurar, eu a avisei que iria gozar e ela nem ligou e gozei dentro da boca dela sem menor constrangimento.
Nos arrumamos e fomos embora, duas semanas depois fui a casa dela, mau entrei e já fui lhe dando um beijo de língua para deixá-la ciente do que vinha pela frente, como dois loucos começamos a nos despir, ela toda branca com seios médios, com tudo depilado até o anus, Sandra ficou me olhando por alguns segundos então disse, “será que dou conta”, pois ela com seus 1,60 aproximadamente e eu com 1,78 de altura e com 19cm de pica muito grossa ficou ali parada por alguns segundos, peguei-a no colo e fomos para a cama e já cai de boa chupando com muita voracidade sua buceta e seu ânus ela se retorcia toda e eu não parava de chupá-la e massagear seu clítoris, não demorou muito para que ela soltasse um grito que até os vizinhos devem ter ouvido, ela havia gozado depois de quase 10 meses sem sexo…Fazendo a coroa gozar
Não dei tempo para ela aproveitei que estava bem lubrificada, coloquei a camisinha que ajuda a retardar a ejaculação e mandei toda a minha pica para dentro daquela buceta melada e quente, ela me pediu para ir devagar mas não dei ouvidos e a penetrei com uma certa dose de força e não parei mais dar estocadas violentas nela, chupava-lhe os seios com muita força e ao mesmo tempo as estocadas aumentavam, aproveitei meu tamanho e força e a subjuguei eu a colocava de todas as posições possíveis.
Em dado momento me deitei e ela veio por cima, ficando de costas para mim eu a apoiava com minhas mãos nas costas dela e num ritmo alucinante dava-lhe varias estocadas quando ela soltou outro grito ainda mais alucinante, ela gozava pela segunda vez e aproveitando o embalo aumentei o ritmo e quando estava prestes a gozar tirei a camisinha e a coloquei para chupar e gozei logo em seguida soltando 2 jatos longos de esperma dentro de sua boca, ela engoliu e em seguida me deu um beijo de língua.
Ficamos por um tempo deitados e fomos tomar um banho, durante o banho comecei a acariciá-la novamente, ela se ajoelhou e começo a me chupar, fiquei de pau ereto novamente e voltamos para a cama e fizemos um 69 por um bom tempo, eu chupava seu ânus e massageava também, ela sabia que seria fodida por trás e me pediu para ter cuidado, com um gel e usando os dedos massageei bem seu rabo.
Ela ficou de quatro e então comecei a penetração, tive que ir devagar pois ela estava bem apertada mesmo, quase desisti pois ela reclamava muito mas disse para não parar, enfim consegui enfiar meus 19cm de pica roliça dentro daquele cu rosadinho, aos poucos aumentei ritmo e comecei dar estocadas cada vez fortes, vendo que seu rabo já estava bem dilatado, coloquei-a de quatro novamente e dei uma sessão de estocadas fortíssimas quando ela gritou novamente e caiu na cama desfalecida pelo terceiro orgasmo da noite.
Depois de um tempo ela me chupou ate eu gozar novamente em sua boca.
Quando estava de saída ela me disse que precisava ter aquela noite de sexo para saber se ainda era capaz de sentir e dar prazer, eu agradeci a oportunidade e hoje, mais de um ano depois continuamos a sair e para transar muito, nossa ultima aventura foi uma suruba com um casal amigo dela, essa aventura fica para a próxima.
Beto, 41 anos.
Mulheres com idade entre 46 a 60 interessadas podem me contatar pelo endereço (lenningrado@hotmail.com)

Podes seguir todas as respostas a este artigo subscrevendo gratuitamente a RSS 2.0 feed. Também podes deixar um comentário, ou enviar um trackback através do seu site.
Deixe um comentário

XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>