Fodendo no Hospital

Ola meu nome e Daniel, tenho 28 anos, moreno, altura mediana, um corpo médio.
O que vou relatar no meu conto aconteceu num hospital que trabalho aqui na minha cidade.
Era um plantão normal, tudo tranquilo fui fazer o meu horário de descanso pois trabalho à noite. Quando voltei do descanso fui ao banheiro e encontrei a “Marcia” como lhe ire chamar no corredor..
Veio sorrindo e me contando que estava vendo um filme no quarto 306 pois não havia paciente e seu colega do sector estava descansando e só ela no posto dela acordada vendo o filme.
Depois me convidou para ir ver com ela.
Como no quarto tem tv cabo ela estava vendo um filme porno e me disse:
– Você não se importa né?
Eu disse claro que não e ela respondeu:
Faz dias que não dou uma… ela é casada e tinha brigado com o marido no final do ano na praia…
Eu falei que era pena e ela sorriu. Ficamos vendo o filme e ela estava com tesão muito grande, eu também já estava vendo as cenas e ficando de pau duro quando ela percebeu o volume na minha calça pois eu estava usando roupa do centro cirúrgico que é bem mais confortável. fodendo no hospital
Ela foi colocando a mão na minha coxa e mordendo os lábios, nossa que delicia!!!
Marcia era uma baixinha peituda, bundinha redodinha, bem gostosa.
Então ela me disse:
– Nossa você ta a ponto de bala melhor ir para seu sector se não … não me responsabilizo por mim e veio para cima de mim me beijando e pegando no meu cacete duro feito uma rocha tirou para fora da calça e deu uma suspiranda…
Meu pau torto, ali cor de chocolate para ela, não deu tempo já caiu de boca chupando feito um louca mamou gostoso como uma bezera!!! Nossa que delicia de boca e sugava, sugava sem parar…
Eu não aguentei e esporei muito, um gozo grosso e ela engoliu tudo. Ai eu beijei-a de volta e foi minha vez de chupa-la.
Que xaninha linda, cheirosa e depiladinha… Chupei, enfiava a língua e ela gemia e se contorcia. Não demorou muito e sentir seu gosto na minha língua e eu já de pau duro de volta.

Ela olhou e me puxou junto ao corpo dela, posicionou me pau na entradinha e disse no meu ouvido:
– Faça de mim sua enfermeira putinha…
Meti com muito tesao e forte. Ela gemia como louca, eu metendo não demorou muito ela gozou de volta….
Ai a campainha do quarto tocou ela se vestiu e foi atender mas logo voltou.
Eu ainda estava de pau duro querendo gozar…
Ela olhou e disse:
– Então você me esperou? Agora vou te dar meu cuzinho aqui nesse quarto….
Eu não acreditei e ela foi tirando a roupa e ficou de quatro na minha frente.
Eu dei uma estocada na sua xaninha e ela lubrificou meu cacete. Coloquei na portinha do cuzinho dela e meti, ela gemeu forte e disse:
– Ai vai devagar!!!!
Fiquei um pouco ate ela se acostumar. Depois fui metendo e ela rebolando, eu com o dedo na bucetinha dela…
Ela gemia de prazer e explodiu de gozou feito um cadela. Eu a acompanhei e enchi o cuzinho dela de porra. Depois nos beijamos vestimos-nos ficamos vendo teve como se nada tivesse acontecido.

Nisso entra Claudia no quarto, senta no meu colo e disse:
– Nossa que cheiro é esse???? hum já sei!!! começou a rebolar na minha pica e ela começou a crescer de novo…mas esse conto eu conto no próximo…

Podes seguir todas as respostas a este artigo subscrevendo gratuitamente a RSS 2.0 feed. Também podes deixar um comentário, ou enviar um trackback através do seu site.
Deixe um comentário

XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>