Foder o melhor amigo do meu namorado

O Sr.F era um menino bem bonito, tinha um corpo fantástico, bem escultural e desportivo… Tinha um feitiozinho um bocado estranho, não falava muito sem se metia com ninguém, nem gostava de dar nas vistas… Este era o melhor amigo do Sr.R. o meu namoradinho na altura…
Estávamos ainda na faculdade, o Sr.F. fazia trabalhos junto com o Sr.R. e costumava estar em “nossa” casa muitas vezes, não para a paródia ou para os copos mas sim para trabalharem ou estudarem juntos…
Certo dia o Sr.F passou lá em casa para deixar umas fotocópias… já era noite, o meu namoradinho tinha ido para os treinos de futebol e eu acabadinha de sair do banho pedi-lhe pelo intercomunicador para subir pois não podia descer assim…
O Sr.F subiu, e eu na entrada da porta ainda de toalha enrolada e cabelo molhado recebi a “encomenda”, disse até amanhã e ia fechar a porta quando o ele me impediu dizendo: Olha, o Sr.R tem aí matéria das duas ultimas aulas de XXX em que eu faltei, não me podes entregar???
A Coelhinha respondeu que não sabia o que era, se ele queria entrar e ver ele… estivesse à vontade…
Ele entrou e na sala, junto à secretaria procurava pelas folhas… eu atrás dele observava aquele magnifico rabo que tinha umas curvas quase de mulher, imaginando o que estaria por baixo daquelas calças de fato de treino… ;)
Como achei que ele se sentiria incomodado por estar ali assim como que a vigia-lo, disse-lhe: Vou vestir-me. Podes ficar aí à procura… quando saíres bate a porta…
E fui para o meu quarto… Estava eu ainda nua a por creme nas minhas pernocas quando o Sr.F. bateu na porta e perguntou se podia entrar…
Fiquei parva, como é que aquele ave rara tinha o descaramento de me vir bater assim na porta do quarto quando sabia que eu ainda devia estar despida!!!! Mas sem pensar duas vezes e em questão de segundos respondi apenas: Entra! :)
E ele entrou… eu tinha uma perna pousada em cima de uma cadeira e espalhava creme de cima a baixo completamente nua… então virei-me olhei para ele e perguntei: então encontras-te? já tens tudo o que precisavas?
A cara dele estava completamente mudada do que eu estava habituada, tinha uma expressão clara no rosto de…. de… de vou-te foder não tarda nada….
E não tardou… mandou as folhas que tinha na mão para cima da cama, dirigiu-se a mim, apanhou-me pela cintura e disse-me: há muito tempo que me dás um tesão do caralho, só não te posso foder por seres quem és, a namorada do meu melhor amigo, mas hoje não sei se me aguento!!!!foder o melhor amigo
A Coelhinha viu que ele não se aguentava… :) sentia perfeitamente o seu pau duro a tentar furar o tecido das calças… :)
Levei a minha mão àquele volume e comecei a massagá-lo, ele despiu a camisola e agarrou-me as mamas, virou-me de frente para o espelho em cima da cómoda e foi baixando até ao meu rego… passou a língua de cima a baixo, abriu as minhas bochechas e lambeu-me o cuzinho desesperadamente… depois fez-me lamber os seus dedos e veio mete-los na minha coninha… agarrou-me o cabelo ainda molhado e fez-me inclinar para trás… de pé em frente ao espelho em cima da cómoda olhava para a minha cara e dizia-me: tens uma cona macia e eu vou foder-ta todinha!!!! Baixou as calças e tirou o caralho duro para fora e enterrou-mo na ratinha já toda húmida… era um caralho enorme, bem maior que o do Sr.R. a minha cona sentiu a diferença… sentiu-se arrombada… ele fodia-ma com força e de vez em quando dava uma estocada mais forte e eu sentia a cabeça do seu caralho a bater bem lá no fundo da minha coninha toda aberta…
Ele começou a sentir-se apertado dentro da minha ratinha e de vez em quando tirava aquele mangalho para fora e roçava-o nas minhas bordinhas da cona, depois voltava a enfiá-lo até ao fundo de uma vez só, o que me fazia soltar uns gemidos baixinhos, enquanto ele me chamava nomes: És uma vaquinha mesmo boa, dás-me um tesão do caralho, tens esta cona bem apertada minha putinha, o meu amigo não sabe foder-te isto como deve ser!!! Este cuzinho também é assim??? Posso enterrá-lo lá também??? :oops:
Virou-me de frente, sentou-me em cima da cómoda e começou a chupar-me a cona já meia encharcada do meu liquido quentinho… depois começou a meter os dedos no meu cuzinho, primeiro um, depois outro… ia tentando foder o meu buraquinho
A Coelhinha teve medo daquele caralho poderoso no rabinho e pediu para o Sr.F parar… Saí de cima da cómoda e fui buscar o lubrificante na mesa de cabeceira, vim ter de novo com ele, baixei-me e provei pela primeira vez aquele caralho que tinha uma enorme cabeça… era super grosso e estava tão duro que me pareceu que podia fode-lo a noite inteira… Depois espalhei um pouco de lubrificante por ele e massagei-o….
Voltei à minha posição inicial e disse ao Sr.F.: Agora mete-me essa cabeça de caralho no meu cuzinho mas entra devagarinho….
Ele aproximou-se colocou o mastro na entrada do meu buraquinho e começou a forçar… ao inicio escorregava mas depois apontou com mais convicção e eu senti o meu cu a abrir-se, a ser rebentado…. Quando a cabeça daquele mastro entrou senti uma dor forte e soltei um gemido bem alto… ele retirou-a e voltou a entrar… fez isso três ou quatro vezes, até que por fim começou a enterrar pelo meu cuzinho a dentro… eu sentia-me toda fodida, completamente fodida, achei que o rabinho da Coelhinha não ia aguentar aquele vergalho enorme… :oops:
O Sr.F. foi brincando devagar até que numa das investidas mo enterrou até ao fundo, senti as bolas dele bater na minha entrada… estava a rebentar-me o cu completamente, começou a foder-mo com força enquanto me beijava as maminhas…. de vez em quando puxava-se para trás e ficava a apreciar-me ali de pernas abertas com o seu caralho a desaparecer dentro do meu rabinho e a minha cona rapadinha completamente exposta
Meteu os dedos no meu grelinho e começou a brincar com ele… senti que ia ter um orgasmo brutal e comecei a gemer cada vez mais alto…. haaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa berrei fortemente na hora em que me vim e que ele aproveitou para foder com uma força bruta o meu cuzinho apertadinho…. acabou por se vir minutos depois numa jorrada de esporra enorme mesmo em cima da minha coninha…. enquanto de chamava nomes porcos…
No fim limpou-se, eu saí para a casa de banho, passei-me por água e gel duche rapidamente… Quando entrei na sala de novo só em toalha, ele estava de folhas na mão com a mesma cara de sempre, como se nada se tivesse passado… e a Coelhinha perguntou: Já tens tudo que precisas??? Ele disse-me que sim, com a normalidade de sempre e ao acompanha-lo à porta chegou-se a mim e disse-me ao ouvido: Este vai ser o nosso segredo!
A Coelhinha apenas acenou que sim. O Sr.F. foi embora e a partir desse dia nunca mais aconteceu nada, a minha curiosidade estava saciada e a dele também… O Sr.R. continuou a ser o meu namorado e o Sr.F. o seu melhor amigo…  Afinal de contas foi só foder mesmo… então para quê complicar???? ;)

Podes seguir todas as respostas a este artigo subscrevendo gratuitamente a RSS 2.0 feed. Também podes deixar um comentário, ou enviar um trackback através do seu site.
2 comentários
  1. malaquias diz:

    Mai nada! Foi so fuder, pra que complicar! :D

Deixe um comentário

XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>