Meu tio quer-me foder (segunda parte)

A Coelhinha já falou aqui anteriormente no tio M.O.
O meu queridinho tio que tinha o vício de me picar, de deitar o olho para além da conta e que um dia, quando estávamos de férias me disse estas palavras: “Se não fosses sobrinha da tua tia eu ensinava-te umas histórias, de que com o fogo não se brinca…”
Naquela altura pensei logo: meu tio quer-me foder… é um cota depravado!!!!
Agora vou contar-vos como é que a Coelhinha ficou mesmo a saber que com o caralho inclinado do Sr. M.O. não se brincava…

Em época de Natal, a casa dos mais pais abre portas e enche-se de gente, de familiares que praticamente nem vemos durante o resto do ano. Adoro essa época festiva, a casa vira um reboliço, atropelamos-nos uns aos outros mas sentimos-nos bem assim mesmo… :)
Um dos casais que se instalava na semana de Natal em nossa casa era, a minha querida tia, e o meu tio Sr. M.O.
Portanto, nesse Natal dos meus 15 aninhos, (depois daquelas ferias junto com eles na praia) vieram para nossa casa, e só iam desamparar a loja lá para o ano novo!!!

No fim de semana antes do Natal,(que nesse ano foi numa terça-feira) estava um frio enorme na rua… Todos queriam sair para fazer aquelas comprinhas de ultima hora, mas ninguém queria apanhar enchentes de gente, nem filas nos centros comerciais, ou seja, queriam praticamente o impossível…
O meu tio, recusou-se a sair de casa, tratou de por os radiadores e bombar no máximo, e toca a por lenha na lareira, que em casa é que se estava bem… Entretanto o resto da família tratou de sair, uns para um lado outros para outro e casa ficou apenas com um só hospede, o meu tio Sr.M.O.
Aqui a Coelhinha tinha saído, mas não para ir meter-se nas compras de ultima hora, até porque com os meus 15 aninhos da altura, tinha mais em que pensar!!!
Assim, a bixinha equipou-se a rigor e foi ter com a amiguinha… A menina S. tinha prendinhas a embrulhar, e eu fui ajuda-la, e claro conversar…
Assim estive cerca de 2 horas com a minha amiguinha quando fomos interrompidas pela menina C. ao telemóvel.
A menina C. estava irritada: Então disses-te para te vir buscar e não estás em casa??? O que é que vocês as duas andam a tramar???
Entre uma confusão de horas marcadas, acabamos por nos desencontrar, e a verdade é que a menina C. estava naquele momento à minha espera em minha casa… O meu querido titio tinha-lhe aberto a porta…
Acabei por voltar para casa o mais rápido que pude, a menina C. sempre detestava esperar tal como eu… e naquela correria de voltar para casa, acabei levando um valente banho de uns artistas armados em espertos que passaram de 4*4 bem ao meu lado fazendo uma poça enorme de água vir direitinha para cima de mim!!!
Resultado, da cinta para baixo, fiquei completamente encharcada!!!!meu tio quer me foder
Quando cheguei a casa, o Sr. M.O. conversava com a menina C. sobre carros, condução e afins… A menina C. já tinha carta e já tinha carro, era uma bichinha esperta… 😉
Cheguei junto deles, rocei-me na minha amiguinha e comecei a queixar-me de estar toda molhada…
O meu tio, que é um grande observador, começou a olhar para mim e disse-me: Tira isso rapariga!!! Faz-te mal estares assim com a roupa molhada no corpo!!! blá blá blá
A verdade é que eu sabia bem o que ele queria!!!! O Sr.M.O. tinha era o forte desejo que eu começasse a despir-me ali mesmo na lareira da sala, para ele poder apreciar o meu corpo e principalmente o meu rabo, que ele se fartava de espreitar nas férias passadas de verão, quando andávamos na praia….
A menina C. já sabia bem o que o meu tio era, porque a minha amiguinha loira também já tinha sido praticamente “assediada” por ele!!!
Então tratou logo de me picar e por entre umas risadinhas de gozo ía dizendo: vá fofa tira a roupa, e seca-te aqui que estás geladinha… 😉 também só estamos nós em casa mesmo!!!! Não tens vergonha de mim e do teu tio pois não???
Aquela safada sabia perfeitamente provocar-me… vai daí a Coelhinha descalça-se e começa a despir-se… Tirei o casaco e a camisola, fiquei só com uma camisolinha interior branquinha de alcinhas e a minha tanguinha meia húmida entalada no meu rabo… Virei o traseiro para a cara do meu tio e inclinei-me para tirar as meias… Não sei a cara que ele fez… mas pela expressão do rosto da menina C. ele deve ter-me comido o cu só com os olhos!!!
A menina C. começou a brincar comigo, dava-me palmadas no rabinho que começou a ficar vermelhinho do calor da lareira… é que o meu tio quando se trata de aquecer a casa não brinca em serviço, dá quase para andarmos nus lá dentro!!!
Passado pouco tempo a menina C. levantou-se, agarrou-me pela cinta, queixou-se de que tinha que ir embora, que já não valia a pena sair-mos… eu dava-lhe beijinhos nas orelhas e pedia-lhe desculpa ao ouvido pela minha confusão de horas… ela que era e continua a ser uma querida começou logo a brincar comigo… :)
Encostou-se a mim e passou-me a mão na ratinha… estremeci logo, depois ela chegou no meu ouvido e disse baixinho: Vê lá se é hoje que comes aqui o cota a ver se ele é tão bom como fala!!!! Depois liga-me e conta como foi…
E assim fiquei em casa sozinha com o meu querido tio….
Comecei a pensar que seria melhor ir vestir-me antes que a família chegasse a casa e me visse naquele estado com o Sr.M.O. a olhar o meu cuzinho em frente à lareira em plena sala de estar…
Foi então que o meu titio me disse assim: ho rapariga, tens aí um naco de carne que é obra… se não me sais da frente bem rapidinho vais ter de aguentar com o meu naco, ai vais vais…
A Coelhinha que não gosta de desafios deste género, em vez de se ir vestir tratou de fazer exactamente o contrário….
(na terceira parte vou contar-vos as alhadas em que eu e o meu tio andamos metidos por causa de umas fodas)

Podes seguir todas as respostas a este artigo subscrevendo gratuitamente a RSS 2.0 feed. Também podes deixar um comentário, ou enviar um trackback através do seu site.
2 comentários
  1. malaquias diz:

    Vale a pena esperar! hehe *

Deixe um comentário

XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>