Minha colega de trabalho sabia foder!!!

Mais um relato erótico do Sr. A.
Em trabalho sempre acontecem situações de proximidade. Tinha uma amiga e também minha colega de trabalho que não andava bem com o namorado, na altura eu também tinha terminado uma relação com uma pessoa que foi uma paixão, em suma os dois andávamos em baixo…
Fomos fazer um trabalho de campo, isso implicava um andar com o carro e o outro a pé… Como cavalheiro, resolvi ir eu a pé e ela do carro.
Andávamos a fazer o nosso trabalho quando a minha colega começou a mandar bocas:
– Comia-te todo, apetecia-me apalpar-te esse cu jeitoso…. etc…

Levei aquilo na boa, brincadeira de amigos…
Nesse dia o namorado passou para a vir buscar e ela não quis ir com o namorado e preferiu regressar para casa comigo. Mais uma vez levei aquilo numa boa imaginando que ela teria tido uma discussão com o namorado…
Isto passou e na sexta à tarde, recebo um telefonema dela se não queria ir passar o Sábado com ela, que o namorado não ia estar.
A casa, naquela altura, era dela e do namorado então eu resolvi aceitei como amigo.
Almoçamos nesse Sábado, ela fez o almoço, bebe-mos uns copos, e ficamos na conversa e a beber, ela era uma pessoa com um aspecto de senhora!!! Tinha um ar altivo, e ao mesmo tempo, para quem não a conhecia, um ar de sonsa, de pasmada, de quem não partia um prato digamos assim!!!
Mas, como os copos são terríveis, (não que alterem nada, só libertam para se fazer o que sóbrios simplesmente desejamos, só que achamos que não devemos fazer, ou seja, os copos não passam de uma desculpa) começamos a falar de sexo!!!!
Claro que a conversa iria parar aí, até porque eu tinha uma enorme curiosidade em relação ao que ela poderia fazer na cama… e ela afinal não brincava quando dizia o que dizia!!! minha colega de trabalho sabia foder
De repente ela disse-me:
– Vamos para o quarto, está-se lá mais quente…
Estávamos no Inverno…
Ela arredou o edredão e deitamos-nos por baixo, e como é óbvio tocamos-nos ao de leve…. Trocamos um daqueles olhares e, upsssss já esta a desgraça feita!!!!
Ela pega-me um valentíssimo beijo na boca….
Mas a maior surpresa foi quando ela integralmente me rebentou os botões da camisa, saltou-me em cima e começou a esfregar-se no meu caralho.
Mesmo estando os dois ainda com as calças vestidas, ao tempo que se esfregava tirou a roupa da parte superior, colocou as mamas na minha boca e disse:
– Chupa-as como nunca chupastes nenhumas.
E eu que sou bem mandado…. hahaha comecei a chupa-las, e passar a ponta da língua nos bicos…

Enquanto isso ela foi desapertando as calças dela, e as minhas.
Depois, afastou-se um pouco e despiu-se toda, arranco-me as calças e as cuecas. Voltou a sentar-se em cima, e de uma vez só enfiou-o todo dentro dela, foi-se movimentando e rebolando em cima dele…
O corpo dela era surpreendentemente mais interessante do que se imaginava quando ela estava vestida!!!
De repente levanta-se e diz-me:
– Agora quero ser comida como uma cadela…
Encostou as mãos numa cómoda que tinha no quarto, eu coloquei-me em pé atrás dela e enfiei-lho até bater no fundo…

Ela olhava pelo espelho assim como eu e isso dava uma excitação ainda maior.
De repente mandou-me parar e voltou-se… pegou nos seios, apertou-os e disse para lho esfregar todo no meio daquelas tetas… bater-lhe com ele nos bicos, e eu assim fiz.
Já estava demasiado doido…. Peguei nela, sentei-a na cómoda, ela sentada bem na beira, com as pernas nos meus ombros, e encostada ao espelho… Fui-lho espetando todo com aquela cona bem aberta para mim…. tirava-o todo fora e depois enfiava-o de uma vez só, ate sentir que ela estava quase lá….
De repente sela pediu para o meter todo e roda-lo lá dentro…
E eu mais uma vez assim obedeci…. e ela teve um tremor como se tivesse entrado em água gelada, e veio-se abundantemente.. E gritou:
– Vem-te todo dentro de mim, dá-me o teu leite todo!!!!
Isso fez-me ficar doido e enfiei-lhe o meu caralho todo com muita violência mesmo, até me vir todo dentro dela.
Ficamos ali a olhar um para o outro extasiados…
Acabamos por ficar o fim-de-semana juntos, e dar mais umas belas fodas, na verdade foi foder e mais foder até ao Domingo à tarde, quando chegava o namorado. Combinamos que nada disso se saberia no trabalho como é óbvio, e assim aconteceu, continuamos bons Amigos.
A única coisa que mudou foi o facto de a partir desse dia saber que a minha colega de trabalho sabia foder e não era pouco!!!!!
incontri online

Podes seguir todas as respostas a este artigo subscrevendo gratuitamente a RSS 2.0 feed. Também podes deixar um comentário, ou enviar um trackback através do seu site.
Deixe um comentário

XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>