Minha mulher tranzou com meu amigo

Oi sou casado moreno, 1.70 altura, 85 kg. A minha esposa é morena, escura, forte, 1.65 altura com 70 kg, pernas grossas, um bumbum empinado, peitos médios e duros, linda e gostosa, vou contar um caso verídico que aconteceu comigo.
Tranzei com uma outra mulher e não queria mais o relacionamento com ela porque não queria mais trair minha esposa, ela não merecia isso.
Mais a outra não se deu por ter terminado e disse que se ela não fica-se comigo,eu não ficaria com ninguém, descobriu meu endereço e mandou uma carta para minha mulher, só que antes da carta chegar eu já tinha tomado coragem e contado a verdade a ela mas ela não queria acreditar…
Foi quando a maldita carta chegou nas suas mãos e ela leu, foi uma guerra mas consegui contornar as coisas mas ela disse que iria me dar o troco, ia transar com um amigo meu para se vingar de mim, na minha cama.
Foi passando o tempo e sempre brigávamos e ela passava na minha cara o que tinha acontecido e dizia que iria pegar um dos meus melhores amigo e dar tudo pra ele.
Fui trabalhar pensando em tudo que ela falou e eu disse a mim mesmo o que é que vou fazer?
Quando chegou um colega de trabalho e contei o que estava acontecendo. Ele brincou e disse: rapaz olha sou seu melhor amigo!!!!
Eu disse: rapaz você me deu uma grande ideia!!!
vou chama esse rapaz de Paulo, Paulo era técnico de montagem, ele não é Brasileiro e passava um tempo aqui até terminar o trabalho de montagem das maquinas mas falava o Português normal, então eu mostrei-lhe uma foto de minha mulher e perguntei se topava ajudar-me e ele disse que sim, até mesmo por que já tinha uns oito meses sem que ele desse uma gozadinha…
Cheguei em casa fale a minha mulher que teríamos visita em nossa casa no dia seguinte, ela pergunto de quem e eu respondi que era um colega de trabalho que iria passa algumas coisas em relação ao trabalho porque eu também sou técnico.
No dia seguinte ela preparou tudo, a casa, os lanches, e vestiu um shortinho e uma blusinha provocante…
Eu disse até para ele dar em cima dela, piscadinhas de olhos discretamente, cantar ela de todas as formas. Eu dava um jeitinho de deixar sempre os dois a sós.
Ele fez tudo o que estava combinado e senti que ela ficou nervosa. Então ele na saída pediu o numero do celular dela e ela deu.

Mais tarde ela recebeu uma ligação e levou horas falando no aparelho era ele. Logo depois ela me perguntou quem era esse meu colega, eu respondi que ele não morava aqui no brasil e que só estava aqui de passagem até terminar o serviço.
Ela perguntou-me se iria demora muito o serviço dele aqui, eu respondi que não.
Passou uma semana e ele sempre ligando para ela. Eu sabia porque ele ligava para ela do meu lado e colocava no viva voz e escutava tudo. Disse a ele para convida-la para ir para um motel e a safada aceitou logo. Em seguida ele mudou de ideias e disse: no motel não, antes em sua casa…
Ela disse que em casa não queria mas ai ele falou: em casa sim para não levantar suspeita…. mandou ela tomar remédio para não engravidar e falou para ela não se preocupar: Vou dar um remédio de dormir a ele que derruba ate elefante… e marcou o dia.
Nesse dia quando cheguei em casa disse: amor vamos ter visita novamente…
Ela perguntou o dia e eu respondi.
Ela pediu dinheiro para comprar um remédio pois não estava se sentido muito bem… mas eu já sabia para que era.
Depois foi na casa da vizinha e tomou o tal remédio.
Na semana do encontro ela raspou a buceta deixando um pouquinho de cabelo e andava um pouco tensa. Perguntei varias vezes o estava acontecendo e ela dizia que não tinha nada…
O dia chegou, conversamos muito no trabalho sobre o que iria acontecer. Ele perguntou se eu fazia sexo anal com ela e eu respondi que só uma vez e tinha sido para me agradar mas que não tinha gostado e não me deu mais. Disse também que minha mulher não gostava de chupa pica, achava muito nojento…
Ele disse: Vamos ver isso…
Chegamos e começamos a estudar ela… Como sempre colocou um shortinho e uma brusinha e veio nos dar um lanchinho… O meu colega conseguia ver os seus seios que a blusa deixava à mostra.
Estudamos até tarde de propósito, ai ele perguntou: como é que vou embora se não tem mas transporte nesse horário???
Ai eu disse: dorme ai rapaz!!! não tem mulher e nem filhos aqui no Brasil,vai para casa fazer o que???
Mandei a minha mulher preparar o colchão na sala e pegar um short meu e dar para ele. Depois ficamos conversando e tomando um lanche… Olhei para ele e fiz sinal a dizer que iria no banheiro, foi nessa altura que ele falou com ela que iria colocar o remédio no suco.
O remédio não tinha cheiro nem cor porque o remédio era água mas ela não sabia de nada. Então ela colocou o produto no meu copo.
Quando voltei tomei todo o suco que estava no copo, depois comecei a abrir a boca dizendo que estava com sono e disse que iria dormir. Ela me acompanhou ate à cama e eu comecei a fingir que estava dormindo. Ela me empurrava de um lado para o outro para ter a certeza que eu estava dormindo mesmo. Cheguei até a roncar logo em seguida…
Ela então se levantou e foi para pia da cozinha lavar as louças do lanche…. ele levantou do sofá e foi ao encontro dela pegando-a por trás e dando beijos no seu pescoço, ela veio logo a correr ao quarto ver se realmente eu estava dormindo e mexeu-me novamente para ter a certeza… Depois voltou para a cozinha de novo…minha mulher tranzou com meu amigo
Ele tornou a pega-la por trás acariciando os seios, beijando o pescoço e roçando o pau duro na sua bunda deixando ela louca, logo em seguida a virou de frente e começou a beija-la na boca. Arriou a alça do vestido e chupou os seios e suas mãos acariciavam a buceta dela que já estava ensopada de excitação…
Depois ele se abaixou, colocou a perna dela em seu joelho puxando a calcinha dela para baixo, abriu as pernas dela e passou a chupar toda a buceta… ela gemia, chiava, subia e descia na boca de Paulo… depois ele ficou de pé e pediu para ela chupar…
Quando ele colocou o cacete para fora ela tomou um susto (até eu tomei) o pau de Paulo era enorme, parecia um cabo de enxada, grosso da cabeça ate em baixo muito grande!!!
Ela chupou um pouquinho e levantou e passaram a se beijar novamente… Ele trouxe ela para a sala, colocou de quatro no sofá e pincelando aquela tora na entrada da buceta para lubrificar com o próprio liquido que humedecia aquela xoxota e foi empurrando devagarinho…
Ela começou a gemer, a chiar, e logo ele estava com todo aquele cacete enterrado na bucetinha dela… Eu vi e não estava acreditando que a safada estava trepando com outro na minha sala e que conseguia receber todo aquele pau na buceta!!!
Paulo começou um vai e vem devagar e logo foi acelerando e ela gritava de dor e prazer ao mesmo tempo dizendo que ele estava lascando a buceta dela…
Ele enfiava com força, parecia um bate estaca, e eu vendo aquela cena bati um punhetinha…. a minha mulher dizia que ia gozar feito uma louca também…
Qual a mulher que não ficaria com uma porra daquela??? sendo socada daquele jeito na buceta, ela gozou varias vezes naquela posição ate que ele disse que iria gozar também….
Então ela disse-lhe: goze tudo dentro de mim, me dê esse mingau gostoso… vai, me enche de porra….
Ele ouvindo isso gozou forte, chegou a gritar e ela recebeu tudo….
Depois ela foi tomar banho e ele veio ter comigo e disse-me: rapaz que mulher gostosa é essa!!! vou levar a noite toda fodendo sua mulher rapaz!!!!
Ela votou do banho, veio até ao quarto, deu uma olhadinha e voltou para sala. Ele já estava deitado no colchão, o pau já estava duro de novo… ela deitou por cima dele e eu vi todo aquele cacete sendo enterrado na bucetinha da minha mulher… fiquei de pau duro de novo e bati outra punhetinha.
Ela começou a cavalgar em cima dele feito louca… só faltava entra as bolas!!!
Ela gritava, gemia, chiava e eu via tudo como se estivesse assistindo um filme porno na tv. Até que ela falou: rasga toda a minha buceta, eu nunca recebi uma pica tão grande e grossa como essa….
Então gozaram juntos e ela ficou em cima dele com o pau socado dentro dela. Começaram conversando e ele perguntou por que ela estava fazendo isso comigo dizendo: o seu marido e uma pessoa muito legal e não merece isso que estamos fazendo!
A minha mulher responde: ele é legal mais me traiu com outra e fiquei com muita raiva dele, enquanto não fizesse isso minha raiva não iria passar. Estou fazendo isso pela primeira e ultima vez.
Ai ele perguntou: então você só esta me usando?
Ela disse: Não, gostei de você mas amo meu marido e não largaria ele por nada desse mundo. Ela levantou e foi tomar banho.
Ele veio ter comigo e disse que iria comer o cuzinho dela…
Eu disse: Se ela deixa tudo bem!!!
Eu sabia que ela não iria deixar. Ela retornou do banho, ele estava sentado no braço do sofá…
Ela disse-lhe que já chegava e ele respondeu que não. Já que era só aquela vez que estariam juntos que ele queria aproveitar bastante…
Depois puxou ela e começou a beija-la… ela ficou excitada de novo… então ele botou minha mulher sentada no sofá, abriu bem as pernas e passou a chupa-la de novo.
Ela gemia, subia e descia… depois ele levantou, ficou de frente e deitou por cima enfiando todo o cacete de uma só vez fazendo ela gritar que estava lascando ela…
Ele passou a dizer que queria gozar na boquinha dela e ela dizia que não mas quanto mais ela dizia que não mais ele socava com mais força ainda e mais rápido deixando ela doida.
Depois levantou de novo e mandou ela chupar o pau dele… ela começou a chupar, estava sentada de pernas abertas com ele passando as mãos de vez em quando… Enterrava dois dedos na buceta dela… e ela a ficar cada vez mais louca começou a chupar ele com mais rapidez…
Nessa altura ele começou a bater uma punheta enquanto ela chupava e não demorou muito até segurar ela pela cabeça empurrando todo o seu cacete na garganta e derramando seu gozo na boquinha dela engasgando-a.
Ela empurrando ele e ele segurando… ela estava com a boca cheia de porra mas não quis engolir. Levantou-se e foi limpar-se.
Quando voltou ele pediu desculpas, puxou-a dando um beijo e pediu só mas um pouquinho…
Ela queria ir dormir, então perguntou se ele iria demorar para gozar e ele respondeu que não!!!!
Começaram de novo… ele colocou ela na posição de papai e mamãe levantando as pernas e começou a socar todo o pau de uma só vez…. ela gemia com as estocadas que ele estava dando… o seu cacete parecia que estava inchado de tanto socar na buceta da minha mulher…
De vez em quando deixava sair e pincelava o cuzinho dela sem ela perceber, durante umas três vezes… na quarta ele aponto para o cuzinho dela e socou quase até metade da piça. Ela deu um grito de desespero e eu quase fui tirar o Paulo de cima dela…

Mas como eu prometi que não iria interromper….
Ela chorava feito um louca pedindo para ele tirar que estava doendo muito…
Começou a brigar até que ele deu um tapa no rosto dela para ela se acalmar e depois disse-lhe: só vou tirar o pau depois de gozar!!!
A minha mulher continuava dizendo que estava doendo, que tira-se… mas ele não deu ouvidos…
Mandou que ela desse massagem no pingelinho e ficou parado até ela se acostumar com aquilo enterrado no seu rabo… Não demorou muito, ela começou a pedir que o tirasse… dizia que estava doendo…
Ele mandou que ela esfregasse mais rápido e começou um vai vem devagar…. depois foi aumentando a velocidade e ela passou a gemer e a urrar e dizia que estava doendo.
Ela pediu para ele gozar logo e esfregava o pingelinho batendo uma siririca….
Ele ficou mais louco ainda e passou a enfiar no cu dela com se estivesse socando na buceta, deixando ela louca de dor e prazer… Mudou ela de posição sem tira o cacete de dentro. Levantou-lhe uma das pernas virando-a de bruços, depois colocou um travesseiro por baixo da barriga empinando toda a sua bunda para cima…
Ela ficou ali levando pica por mais de meia hora naquele cuzinho… ele enfiava tudo sem dó e sem piedade…

Deu para perceber que ele gozou duas vezes dentro do cu dela porque na primeira já estava saindo um liquido espumoso com sangue do estrago que ele fez no cu da minha mulher. Na segunda gozada ele caiu por cima dela quase desmaiando.
Assim minha mulher ficou toda fudida… Foi boca, buceta e o cuzinho que ela não me dava… agora passou a dar e acabaram as brigas…
O Paulo voltou para o país dele e nunca mais eu o vi de novo.
incontri online

Podes seguir todas as respostas a este artigo subscrevendo gratuitamente a RSS 2.0 feed. Também podes deixar um comentário, ou enviar um trackback através do seu site.
3 comentários
  1. Mineiro diz:

    Muito bom !!!!!!!! sou um comedor de esposa mineirosigiloso@hotmail.com

    RESPEITO

    SEGURANÇA

    SIGILO ABSOLUTO

    Carlinhos

  2. eu ja comi minha tia ja comi minha prima
    ja comi mulher casada adorii as sua estoria beijos

  3. paulo diz:

    DEIXA EU METER MEUS 23CM DE PICA NESSA GOSTOSA LIGA PRA MIN 17 81474708

Deixe um comentário

XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>