O fotógrafo sabe foder gostoso

Nando ajeita o equipamento.
O estúdio com uma luz suave, propício para uma sessão de fotos.
Uma campanha publicitária. De camisolas…
Ele aguarda a chegada de Dani, a moça que vai ser a modelo…
Já a conhece de outras ocasiões.
E sente-se meio que ansioso. Uma moça que mexe com ele.
Ele sempre ficou a distância, sempre muito profissional…
Mas era indiscutível que sempre que a via, ou que trabalhava com ela, que um sentimento estranho o tomava.
Ele disfarçava sempre. Era até meio antipático…
Ah, se ela soubesse…
Nando escuta a porta bater.
E ela entra no estúdio…
Um sorriso tímido, mas alegre o surpreende… Ela é tão viva!
Nando não sabe, mas Dani está muito nervosa… De todos os fotógrafos, aquele é o que menos gosta de trabalhar…
Não pelo trabalho, sempre excelente…
Mas porque ele a atrai. Sempre se sente sem jeito em sua presença, tendo que fazer um esforço enorme para ser apenas profissional.
Dani o acha lindo, charmoso e sempre se vê pensando nele…
Mas sente que ele não gosta muito dela. Sempre é um tanto seco, distante…
Após algumas trocas de palavras e orientações, Dani vai se trocar.
Nos cabides as camisolas enfileiradas…
Não há ninguém hoje ali…o fotografo sabe foder gostoso
Como são fotos bem naturais, um mínimo de maquiagem…
Dani coloca a primeira. Uma camisola longa, e muito bonita.
Nando está posicionado com a câmara. Quando Dani entra, ele respira fundo. Nossa…
Ela tenta agir naturalmente e começa o trabalho.
Ela senta-se em um divã, e Nando a fotografa, seguidamente…
Nando tenta reprimir as sensações que o tomam por inteiro…
Dani também não está a vontade… Esse trabalho vai ser muito difícil…
Ela o olha… Sente-se excitada…
O tecido da camisola, contra sua pele, a faz imaginar coisas.
Ela o quer… Sempre o quis, por isso não gostava de trabalhar com ele. Era angustiante…
Dani, então, sente vontade de agir, de provocá-lo e ver até onde ele é realmente distante..
.
Hora de trocar. Dani pega outra camisola, mas uma vermelha, bem curtinha, com uma calcinha da mesma cor.
Nando a vê sentar-se numa poltrona, com aquela camisolinha… Deus do céu! Ele não vai aguentar.
Dani muda seu jeito de fazer poses.
Agora o olha fixamente. Sorri tentadora…
Ela deixa a calçinha a mostra… Depois baixa as alças da camisola, deixando o seio quase a mostra.
Nando começa a suar frio… E sente o pau ficar duro e incomodado dentro da calça.
Dani leva o dedo até o início da calçinha, coloca por dentro…
Nando fotografa… suando…
Dani fica de costas no divã, ergue a camisola e Nando vê suas nádegas, com um minúsculo fiozinho enfiado no reguinho…
Dani afasta um pouquinho a calçinha, deixando Nando ver os pelinhos da sua bucetinha…

Dani descobre totalmente os seios… Os bicos durinhos…A camisola cai até sua cintura.
Ela então faz poses e vai tirando a calçinha devagar…
Nando desesperado de tesão continua fotografando…
O pau latejando, quente… A buceta dela toda a mostra.
Dani o provoca, o tenta…
Ela deita no divã, afasta as pernas e arreganha sua buceta… Ela está molhada, Nando se aproxima…
E tira um close daquela buceta deliciosa, toda arregaçada pra ele…

Ele tira várias fotos… Ela abre a buceta com os dedos, para ficar mais ainda a mostra…
Depois se levanta…
Se apoia no divã, de costas e Nando vê a bunda… o cuzinho e a buceta totalmente aberta…
Ele se abaixa e tira fotos de baixo… A buceta e cuzinho na lente da sua câmera… bem pertinho…
A buceta toda molhadinha e vermelha…
ELa se vira, fica bem próxima dele. O abraça pelo pescoço e o beija.
Nando se rende. Ele não aguenta mais.
Ele quer aquela mulher.
Ele se livra da câmara. E a abraça… Beija… Que beijo ela tem. Nossa, é doce e ao mesmo tempo, quente…
Nando tira a roupa, urgente.
Dani se ajoelha e o chupa com muita vontade, enfiando-o todo na boca, sugando com força.
Nando geme. A ergue. Toca sua buceta com os dedos, ela está toda molhada.
Que delícia tocar aquela buceta.

Eles se beijam em desespero. Dani gruda seu corpo nele.
O pau duro latejando. A buceta molhada.
Os gemidos de prazer inundam o estúdio.
Não dá para esperar!
Nando quer comer aquela buceta, foder nela. Ele quer o cuzinho, a buceta, a boca o chupando. Quer tudo!
Mas o pau não pode esperar. Ele dói, desesperado para gozar.
Nando a coloca no divã. Dani arreganha as pernas. A buceta bem aberta, bem arreganhada.

Nando se posiciona sobre ela. E enfia o pau nela com força. Dani geme.
Nando enfia seu pau duro dentro da buceta macia. Ele vai fodendo com pressa.
O corpo todo quente, querendo gozar.
Nando come a buceta, se deliciando com sua carne, com sua humidade. Ela está muito molhada e gostosa.
Nossa, que buceta saborosa. Ele mete com força na buceta.
O pau todo atolado nela… sente os lábios vaginais o aconchegando, o engolindo dentro da buceta.
Ele fode… fode…
Dani geme. O segura com força. Que delícia o pau dele dentro dela. Que delícia ser comida por ele.
Que delícia dar sua buceta para ele.

Dani tem espasmos de prazer, com o pau dele a comendo, a fodendo… um prazer delicioso toma conta do seu corpo.
Nando sente o pau gozar nela… nossa, que delícia. o corpo estremece… o gozo quente lambuzando aquela buceta quente…
O corpo totalmente saciado… enfraquecido de prazer, de gozo.
Nando fica sobre ela, o corpo ainda pulsando… O pau ainda dentro dela, agora satisfeito…
Nando a beija deliciosamente e diz no seu ouvido:
Eu sempre te quis… sempre…

Podes seguir todas as respostas a este artigo subscrevendo gratuitamente a RSS 2.0 feed. Também podes deixar um comentário, ou enviar um trackback através do seu site.
2 comentários
  1. carlos diz:

    Adorei seu conto e se um dia vierem a Porto Alegre/RS, fazer contato pois adoraria chupar a bucetinha gostosa de sua amada, principalmente com o seu pau enfiado nela e chupar o grelinho dela, sentindo o gosto do gozo dos dois, contatos para kakachupador@gmail.com , beijos e aguardo…..

Deixe um comentário

XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>