Perdi minha virgindade e enlouqueci de tesão.

Oi, tenho 19, e vou contar como foi a perda da minha virgindade há 4 meses atrás.
Claro que aos 19 anos eu já tinha vontade há muito tempo de transar, minhas amigas sempre tinham histórias maravilhosas pra contar e aquilo me deixava com muito tesão.
Numa noite eu e vários amigos fomos para um sítio fazer uma festa e depois acamparmos lá.
Algumas amigas minhas estavam apostando que eu perderia minha virgindade naquela noite, mas eu sou muito tímida, e fiquei com receio.
Durante a noite, a festa rolando, eu dançando intensamente e de olho em um garoto (Marcos) sinto minha amiga (Jéssica) me puxando, dizendo que precisava falar comigo.
-Vem aqui Cissi, preciso te mostrar uma coisa.
Eu fui, entramos num dos quarto do sítio e ficamos sentada lá.
-O que foi Jessi? A gente ta perdendo a festa.
Mal eu termino a frase e entra o Marcos, tranca a porta e beija minha amiga. Eu fiquei excitada e ao mesmo tempo indignada porque ele deveria ser meu.Perdi minha virgindade e enlouqueci de tesão
O Marcos então me puxa pela cabeça e me faz beijar a Jessi, eu não sabia o quanto era bom beijar uma garota para ver um garoto excitado, fui me deixando levar, tava muito bom. Ele começou a tirar meu short enquanto eu beijava ela, então ele me puxou e nós dois nos beijamos, e minha amiga começou a ficar nua.
Eu estava assustada e excitada ao mesmo tempo. O marcos tirou a roupa também, e eu ainda muito na minha, fiquei vestida, mas quando eu o vi de pau duro, o agarrei e ele foi tirando minha roupa.
Estávamos os três nus, ela ajoelhada me chupando, e ele chupando meus seios, eu gemia gostoso. Então minha amiga disse pra eu observar.
Se deitou toda esgaçada na cama, ele veio e meteu nela com força, eu fiquei encharcada de tesão. Ela ria e gemia, tava gostando muito. Ele não gozou, não queria perder o ritmo, disse para eu fazer o mesmo.
Eu fiz, deitei esgaçada na cama. Foi quando minha amiga falou:
-Cissi, tu quer mesmo?

Eu nem entendi o que ela estava falando, e o Marcos nem quis saber, se sentou, me puxou e me sentou em cima dele com força, eu gritei alto de dor, e prazer, ele sentiu meu sangue escorrer um pouco, ficou excitado e chupou meus seios.
-Então você era virgem, safada.
Eu não respondi, tava tão excitada. Eu rebolei nele, cavalguei gostoso.

Chupei a xana da minha amiga, chupei o pau dele e quando pensei que fosse o fim.
Minha amiga disse que eu deveria perder todas as virgindades, eu não fazia muita ideia do que ela estava falando, só me dei conta quando ela mandou eu ficar de 4 no chão, ela me alisou toda, e quando eu tava molhada o suficiente, ela passou meu gozo no meu cuzinho e ele meteu com toda a força que tinha, ele parecia possuído de tesão, e eu depois que passou a dor, quis mais e mais.
Assim eu perdi minha virgindade e enlouqueci de tesão, em grande estilo, porque já tava mais que na hora não é mesmo?
Se quiser trocar uma ideia comigo, cissinha.freitas@hotmail.com

Podes seguir todas as respostas a este artigo subscrevendo gratuitamente a RSS 2.0 feed. Também podes deixar um comentário, ou enviar um trackback através do seu site.
4 comentários
  1. quando para está si casa dias boa muito amiga si já sabre fé bonita novo ano 29,Qual para um póxeiro sexy.hoje horas vai mais deus cidade que olhos clama ruas trabanho sim homel dois bem.

  2. pau duro diz:

    VEUUGEE MARIA.. num tem como apagar essa onça naum?? kkkkkkkkkkkkkkk

  3. pau duro diz:

    AAAAAAAH.. deixa saporra aew!!! quero mais é fazer arder mermo u.u ha ha (66′
    fui nessa, fica na fé ae moderador, posta saporra na moral ae pra mim! ;P

  4. Gildo diz:

    oi gata,delicia de conto,fiquei de pau duro só de imaginar vc cavalgando gemendo e gritando de tanto prazer e tesão,parabens,excelente conto!

Deixe um comentário

XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>