primeira vez com meu melhor amigo

Bom gente, eu me chamo Julia e tenho 24 anos. Nunca fui uma mulher romântica, não acredito em amor e sim em sexo. Já namorei diversos homens, mas todos eles faltavam alguma coisa e não era amor mas alguma coisa na cama.
Não sei explicar o quê, mesmo gozando e adorando a foda, eu não tinha mais vontade de vê-los
Portanto sempre acabava os meus relacionamento muito rápidos.
UM CERTO DIA EU TINHA ACABADO DE TERMINAR OUTRO RELACIONAMENTO, E MEU MELHOR AMIGO, O FERNANDO, ESTAVA ME CONSOLANDO, DIZENDO QUE UM DIA EU IRIA ENCONTRAR UM PARCEIRO. AI EU VOLTAVA A LHE EXPLICAR QUE EU NÃO QUERIA UM AMOR E SIM UM CARA COM QUE A TRANSA FOSSE BOA E QUE EU PUDESSE MANTER UM RELACIONAMENTO ESTÁVEL ELE APENAS DEU UMA RISADA E CONCORDOU COM OS MEUS CRITÉRIOS…

E ASSIM ACONTECEU A PRIMEIRA VEZ COM MEU MELHOR AMIGO…

Para tentar me ajudar ele me convidou para jantar depois da trabalho e como eu não tinha nada melhor a fazer aceitei. Ele me levou em um restaurante italiano, sabia que eu adorava ir lá, afinal era o meu melhor amigo e conhecia como ninguém. Sentamos em uma mesa afastada das outras e ao invés de ele sentar na minha frente,ele se sentou ao meu lado,ambos encostados na parede. Surpreendentemente aquela proximidade me deixou excitada, nunca tinha reparado nele de verdade. Mas Fernando era um arraso,os ombros largos e forte, o corpo bem definido, o rosto maravilhoso e os olhos mais verdes que já tinha visto. As mãos eram perfeitas e compridas e eu já logo imaginei ele passando as mãos em mim. Ele pediu um vinho e começamos a conversar, e ele me perguntou porque eu terminava tão rápido meus namoros.
– sabe Fernando, eu não sei o que acontece mas depois que eu transo com eles não tenho mais vontade de vê-los. É como se eu me saciasse deles e não quisesse mais.
O Fernando assentiu e disse:
– eles não sabem com se deve tratar um mulher como você – e simples assim me lascou um beijo.
E que beijo, nunca tinha sido beijada daquele jeito. Eu precisava dele naquela hora, precisava das mãos dele em todo o meu corpo, minha calcinha já estava empapada.
E como se lesse minha mente uma de suas mãos deslizaram por minhas coxas enquanto a outra estava por baixo da minha camiseta, alizando minhas costas. Graças a Deus estavamos em uma mesa afastadas o suficiente para ninguém nos ver.

A mão que estava nas minhas coxas logo já acharam minha calcinha por baixo do vestido. Ele começou a brincar com meu clitóris e eu sufoquei um gemido.
Ele estava com a boca em meu pescoço quando sussurrou:
– hum, você está toda molhadinha, do jeito que eu gosto. Não vejo a hora de poder chupa-la – e com isso deslizou dois dedos em mim, soltei um gemido baixo. Ele continuou a bombear os dedos em minha vagina até que comecei a tremer e gozei.primeira vez com meu melhor amigo
Ele tirou a mão de dentro de mim. Passou um braço sobre meu ombros e me deu um último beijo antes de dizer:
– pronta para ir para casa, docinho?
Apenas acenei a cabeça confirmando. Não sei o que ele tinha feito comigo mas minha pele ardia de desejo, nenhum outro homem havia feito isso comigo.
Já no carro dele os beijos recomeçaram e eu passei a mão por cima da calça em seu pau já duro. Ele era grande e grosso e eu não iria aguentar chegar até a casa dele. Então abri sua calça e o coloquei para fora. Hum, que pau, cai de boca nele. Chupava enquanto com um das mãos brincava com as suas bolas. Fernando sussurrava meu nome e dizia coisas se nexo. Então aumentei o ritmo e ele gozou na minha boca soltando um gemido gostoso.
-nossa Júlia, você é óptima.
Me deu mais um beijo e ligou o carro.
Quando chegamos em sua casa ele passou pela cozinha pegou uma garrafa de vinho e guiou até o quarto. Bebemos um taça antes que começasse os beijos desesperados e sedentos de desejo. Ele já estava com o pau duro de novo e eu estava toda molhadinha. Ele me arrastou até a cama e tirou minha roupa, logo depois eu tirei a sua e amei o que vi, um corpo escultural e musculoso…excitante.
Ele me deitou na cama, pegou o vinho e despejou um pouco em meus seios fartos e barriga lisinha. O liquido frio me causou arrepios gostosos e os meus mamilos ficaram tenros. Mas Fernando já começou a suga-los com força. O desejo que eu sentia só aumentava, e eu precisava dele dentro de mim. Mas parece que Fernando fazia de tudo para prolongar mais a situação, continuava chupando meus seios sem piedade enquanto suas mãos exploravam meu corpo quente. Gozei com só com ele chupando meu seios.
Logo ele começou a descer passando a língua em minha barriga, abrindo minhas pernas e encontrando minha vagina molhada. Caiu de boca nela, a língua fazia magia em meu clitóris.
– você é deliciosa, muito melhor do que eu imaginava.
Voltou a me foder com a boca. Eu estava quase gozando quando ele subitamente parou. Quase gritei de agonia, precisava gozar. Coloquei minhas mãos em seu cabelo preto e ondulado e empurrei gentilmente para mim de novo
– continua lambendo,por favor- sei que estava fazendo o que ele queria, implorando por ele mas não me importava, precisava daquela língua em mim. Comecei a tremer e gozei.
Ele mal esperou que eu me recuperasse e se encaixou em cima de mim. Me lascou um beijo me penetrou até o fundo. Soltei um gemido e ele começou a bombear dentro de mim. Primeiro bem devagar depois começou a aumentar o ritmo. E novamente quando eu estava quase gozando ele parou.
Olhei para ele brava. Ele olhou para mi e deu um risada gostosa. Saiu de mim bem devagar

– me diz do que você gosta. Lento e suave- e com isso ele me penetrou bem devagar- ou duro e forte?- ele me deu duas estocadas rápida e forte do jeito que eu gosto. Isso aumentou meu desejo, mas ele não continuou, queria uma resposta- me diz julia como fazer você gozar.
-rápido e forte, sem piedade- gemi e ele começou a meter e mim enquanto sugava meues seios. Logo eu já alcançava o orgasmo.
– ai,eu gozar- eu disse
-aguenta mais um pouco, quero gozar junto com você.
Ele me dava estocadas fortes e rápidas e eu jurava que não aguentaria. Alguns minutos depois senti suas bolas se contraindo e gozei, ele gozou também. O melhor orgasmo da minha vida.
Ele saiu de dentro de mim e se deitou do meu lado, passou o braço por cima de mim e me encaixei nele. Ficamos abraçados durante um tempo. E por incrível que pareça eu queria mais.
-acho que é assim que um homem tem que te tratar- Fernando sussurrou em meu ouvido
– acho que sim, mas ainda não tive o suficiente para dizer. Que fazermos de novo? Mas agora quero atrás.
Ele soltou uma risada beijou o meu pescoço e começamos de novo.

Afinal encontrei alguém por quem meu corpo arde de desejo só de olhar. E de quem eu nunca tenho o suficiente para me saciar. Ainda bem que ele me conhece com ninguém mais, afinal ele é meu melhor amigo. E sabe que no fim das coisas sexo com amor é muito melhor, digo por esperiencia própria porque acabei me apaixonando. E hoje estou casada com Fernando.
Um beijo todos e principalmente para quem não acredita em amor, como eu não acreditava. E digo uma coisa o destino é surpreendente. =)

Podes seguir todas as respostas a este artigo subscrevendo gratuitamente a RSS 2.0 feed. Também podes deixar um comentário, ou enviar um trackback através do seu site.
Deixe um comentário

XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>