Primeira vez a foder o meu amigo

O que vou contar aqui aconteceu quando eu tinha 17 anos, com o melhor amigo do meu marido.
Meu nome é Duda, tenho 22 aninhos e estou casada com o meu marido que vou chamar RO. O amigo dele, o DU, olhava-me com muita vontade de me comer, ele realmente me comia só com os olhos. Um dia, numa noitada a gente saiu, eu e o RO mais o DU e a esposa dele que vou chamar de PA.
Nesse dia eu estava linda, como sempre ele me comendo com os olhos, a gente bebeu muito e o DU ficava sempre me dando muita bebida para me deixar louca já com segundas intenções.
Eu ia bebendo tudo até que a gente foi embora, fomos passear juntos pela noite, alugamos um filme erótico e ficamos ali os 4 assistindo ao filme. Estava sendo uma noite perfeita e eu já estava louca de tesão até que o DU com a sua esposa começaram a transar ao nosso lado. Daí como já estávamos todos excitados, eu e o RO começamos a fazer amor ali do lado deles também.
Nessa noite não aconteceu nada demais, apenas eu passava a mão pelo meu corpo e o marido dela ficava me comendo com os olhos, o meu marido também olhava para ela mas nada aconteceu, até que terminamos a foda e pegamos no sono. Aliás eles pegaram no sono, porque eu não conseguia dormir.
Estávamos deitados num colchão de casal e um de solteiro juntos, estávamos lado a lado, e eu não conseguia pegar no sono, estava eléctrica, até que comecei a imaginar eu ali ao lado do Du, podendo tocar ele, fazendo mil loucuras, só mais tarde adormeci.
Acordei ainda cedo, estava claro, quando olhei para trás vi o meu marido dormindo no sofá e o Du ao meu lado, de rosto virado para mim… era tudo o que eu precisava…
Comecei a roçar a minha perna na perna dele, eu estava só de camiseta e calcinha e não estava aguentando mais. Tinha vontade de acariciar o pau dele, quando por fim ele abriu os olhos, acordou e eu fiquei com imensa vergonha. Aí fechei meus olhos dando a entender que também estava dormindo e sonhando, mas pra minha alegria quem estava agora me acariciando era ele…
Eu já não me continha mais, foi quando ele me agarrou e eu abri os olhos, ele com a sua mulher atrás das suas costas dormindo, não se conteve também e passou a mão pela minha buceta que já estava encharcada.
Ele disse que me queria chupar todinha, sentir aquele melado da minha buceta na boca dele, foi aí onde marcamos nosso primeiro encontro de foda, e foi a primeira vez que eu traí o meu marido.
Combinamos que seria naquele dia mesmo, e naquele mesmo lugar, iríamos despistar os nossos parceiros para matarmos a nossa sede de sexo…
Eu estava louca por ele, esperava ansiosa no ponto onde marcamos. Quando ele chegou me levou para casa dele como combinado. Ao descer do carro ele começou logo a me beijar, a me chupar, me apertava, passava a mão entre as minhas pernas… Eu estava de saia curta deixando à mostra as minhas lindas coxas, e os meus seios com uma blusinha decotada.
Estava linda, era um Domingo à tarde, ensolarado, ele veio me pegar de uma forma que eu não conseguia pedir para ele parar, ele me levou para a sala onde tudo começou e disse que tiraria a minha virgindade, coisa que o meu namorado da época não soube tirar… Ele dizia que havia batido várias punhetas pra mim, a pensar em mim, no meu corpo, mas que agora tinha chegado a hora e ele ia me comer todinha. Daí ele tirou toda a minha roupa, me deixando só de salto alto e foi chupando a minha bucetinha e descendo a língua até ao meu cuzinho.
Até ao momento eu era virgem daí eu disse a ele que nunca tinha sido enrrabada, então ele me disse:
- Então vai ser hoje que tiro a sua virgindade por inteiro…primeira vez a foder o meu amigo
Começou a tirar a sua roupa e com o pau já duro enfiou na minha boca, nossa eu chupei tão gostoso que ele não se conteve e explodiu num gozo só enchendo minha boquinha de porra com seu leite quente, daí o pau dele nem amoleceu, permaneceu duro e me pôs de 4 e me fodeu de uma forma na minha bucetinha, ele metia com uma força que estava me deixando louca, cada vez mais e mais, mas de repente ele parou de meter e caiu de boca na minha bucetinha encharcada e começou a lamber também o meu cuzinho, foi quando ele introduziu um dedo e eu dei um gemido de dor, mas ele disse para eu relaxar que assim não iria doer. Então eu me deixei ir levando, quando o meu cuzinho já estava se acostumando com os seus dois dedos dentro dele, ele vem com aquele pinto grosso e começa a tirar a virgindade dele, e confesso que a dor estava misturada com o prazer, aí fui-me deixando levar e foi quando ele de uma só vez enfiou tudo me tirando um grito de dor… Mas ele não parou, foi continuando me socando, aí eu fui habituando e comecei também a gritar de tesão, ele metia tão gostoso que nem dor eu via mais, foi quando ele tirou do cuzinho e pôs na bucetinha, quando me dei conta estava gozando, e ele anunciando o gozo também, gozou muito na minha bucetinha.
Quando ele tirou aquela pica de dentro de mim eu percebi que tinha um pouquinho de sangue e ele disse:
- Agora sim, você não é mais virgem, tirei o cabacinho direito agora…
Nossa foi uma tarde inesquecível, fodemos muito, aquele dia fui embora já era noite… Ia toda ardendo, toda rebentada e quando cheguei em casa ainda tive de dar pro meu marido…
Ele esse dia me disse que a minha bucetinha estava uma delicia. Foi aí que eu conclui que o homem gosta do cheiro de outro homem Rssss Ele não percebeu nada, eu naquele dia estava exausta e acabei dormindo toda suja de porra do meu marido, o trouxa.
Até hoje, às vezes, saio com o DU, eu adoro foder com ele, ele diz que sou a putinha louca dele, que sou inesquecível e que dei o meu cuzinho pra ele de uma forma que nenhuma outra deu.
Eu e o Du fazemos muitas loucuras, já saímos com um casal e mais um amigo dele e a mulher. Mas essas loucuras conto em outra história.
Espero que gostem dessa história, beijos. DUDA.

Podes seguir todas as respostas a este artigo subscrevendo gratuitamente a RSS 2.0 feed. Também podes deixar um comentário, ou enviar um trackback através do seu site.
2 comentários
  1. RONNY diz:

    fiquei excitado kero te fuder tbem macho.br.381@hotmail.com

  2. Eliane diz:

    Chama o Du pra mi.

Deixe um comentário

XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>