secretaria sexy

A minha secretária sexy, ela é linda ,aparenta ter 40 anos ,mas tem mais um pouquinho,sua pele é clara, seu cabelo muito negro,seus braços bem torneados,sua nua nuca é muito convidativa a um início de mordidas,mas belo mesmo são seus lábios ,carnudos, e fazem um sexy contorno quando é projectado um sorriso em seu delicado rosto.
Sentei ao lado dela que secretamente estava lendo um conto erótico ,a escola estava vazia,era um feriado e ela estava terminando o censo escolar.
A leitura estava deixando os dois excitados, ambos liam e imaginavam-se naquela cena até que não mais resistiram e se beijaram ,foi um beijo doce ,delicado e ao mesmo tempo provocou sensações que os dois desconheciam.O rapaz a puxou para a sala de dentro ,a pegou por traz e começou mordendo sua nuca enquanto se despia ,ela sentia seu membro duro encostado em sua bunda, que ainda por enquanto não estava nua, agora sua orelha direita estava dentro da boca dele, uma mão dele apertava um seio que já estava nu e com o mamilo rígido de tanto tesão,sua outra mão tirava o resto de sua roupa, que ela também ajudava cair no chão.secretaria sexy
Ela ficou só de calcinha, que era de oncinha, ele a sentou em cima de sua mesa,se beijaram muito, suas mãos descobriam o corpo do amante, ele acariciava sua vagina húmida, e tocava seu clitóris provocando nela arrepios e respiração ofegante, ele mamava ,mordia levemente seus mamilos, passava as mãos em suas costas, apertava suas nádegas, ela não soltava seu pénis cada vez mais rígido e encaminhou para sua buceta, a penetração foi maravilhosa, apesar de ser em cima de uma mesa.
Ela sentia cada centímetro do pénis arrombar seu interior, e ele perdeu totalmente o controle, empurrou tudo e a abraçou com tanta força que os corpos pareciam apenas um.

Ele sentiu que seu pau estava pagando fogo tamanho era o calor que ela passava ,percebeu que ia gozar então tirou o pau, a virou de costas, ela debruçou em cima da mesa ficando de quatro, ele meteu seu pinto nela com toda sua força, a puxava pela cintura e ela adorava, mordia suas costas e penetrava olhando sua desejável bunda e seu pau ali no meio, dando prazer a uma mulher maravilhosa, ao mesmo tempo que sentia um prazer que parecia não pertencer a este mundo.
Controlando novamente o gozo ele parou a virou de frente e deitaram em um colchão que ele havia colocado provisoriamente, ela deitada seu corpo formigava de vontade de ser novamente penetrada, mas primeiro ela o chupou, parecia que ia arrancar seu pau, parou para respirar então ele meteu a boca em sua buceta.
Quando ela sentiu ele puxando seus grandes lábios ,ela gritou, ele enfiou a língua lá dentro, ela pediu :
– quero seu pau, vou gozar!!!
Ele a invadiu novamente, a virou de bruços e a pegou meio de lado entrelaçando em suas grossas pernas, suas mãos acariciavam seus seios enquanto o pénis muito duro explorava cada cantinho de sua buceta ela sentiu todo seu corpo estremecer, e ele percebeu que ela ia gozar, socou seu pau como se fosse mata-la, ela gritava:
– não pára,mais forte desgraçado.
Ele suando e seu pau latejando de tão duro ele sentindo seu corpo todo arrepiando enquanto formava o gozo e descia toda aquela sensação para a vagina que explodia com o pénis também gozando junto com ela numa sincronia perfeita.

Podes seguir todas as respostas a este artigo subscrevendo gratuitamente a RSS 2.0 feed. Também podes deixar um comentário, ou enviar um trackback através do seu site.
Deixe um comentário

XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>