Sonhos eróticos – A Boate

Ano 1996 cidade de Nova Iorque, eu estava perseguindo um maníaco que costuma atacar aqui (a polícia não consegue prende-lo e cabe a mim essa missão).
Estou sózinha nas ruas dessa magnífica cidade e sinto que o maníaco está próximo, mas seja ele o que for só sei que não é humano, humano nenhum dilacera suas vítimas sem se importar com as autoridades locais e sem ter medo de ser preso.
Agora são 23:55, avisto o maníaco pulando por entre os prédios procurando por mais uma vitima, vou em seu encalço.
Asas brotam de minhas costas, saio voando atrás do maníaco e usando minha visão de longo alcance posso identifica-lo.

É um vampiro, eu sabia só podia ser mais um sanguessuga. Vou atrás dele e o vampiro entra em uma casa nocturna, para escapar de mim. Não adianta fugir seu maldito, eu o pegarei. sonhos eróticos a boate
Desço até ao chão e minhas asas se retraem, então entro naquele estranho lugar atrás do vampiro. Já dentro da Boate, muitas mulheres semi-nuas eram alisadas por homens estranhos que mais se pareciam todos com vampiros. Passei por um corredor escuro cheio de homens e mulheres, todos usando estranhas roupas pretas e fui alisada por alguns homens estranhos e mulheres quase nuas, sou daquele ditado (já que desceu até o inferno, abrace o capeta).
Então enquanto procurava por minha vitima e alguns homens e mulheres passavam a mão em meu bumbum também passava a mão no pau de alguns e na xoxota de algumas mulheres lindas.
Logo avistei o vampiro que era meu alvo, só que o lugar estava muito cheio e perdi-o de vista.
Fui para outro compartimento e enquanto me divertia procurava pelo vampiro.
Perto de mim estava um homem trajando roupa preta e tomando wiski com jeito de quem está a fim de alguma coisa, olhei para baixo e entendi o motivo de sua cara estranha. Havia um gay só de cueca chupando ele. Então percebi o ambiente em que eu estava… um lugar onde vale tudo, homem com homem e mulher com mulher, lá tudo era permitido.
Algumas mulheres visivelmente eram penetradas de todas as formas por homens estranhos, fui ficando cada vez mais excitada. Logo depois vem uma mulher muito bonita e loura perto de mim e sendo alisada por dois caras, enquanto um chupava seus seios o outro passava a mão em sua xota.
Ela diz pra mim:
– Vai ficar ai só olhando, me ajude aqui!
A mulher chega mais perto de mim e vai logo tirando minha roupa, me deixando só de calcinha. Eis que um dos homens me vendo só de calcinha se aproxima mais e tenta chupar meus seios, eu afasto a boca dele e me sento em uma poltrona que estava vazia ali perto de mim, fico com minha boca bem na altura da cintura dele. Ele rapidamente botou o pau para fora e disse:
– Chupe, você será bem paga!!!
(eu não entrei ali por dinheiro, estava atrás de um vampiro que se escondeu de mim ali, só que eu tinha que representar para poder pegar o sanguessuga que já fazia mais de um mês que eu estava em seu encalço)
Cai de boca e chupei ele todo. A loira já tinha sua calcinha tirada e estava cavalgando em cima do outro cara. O cara que eu estava chupando pediu que eu ficasse de quatro para ele me penetrar por trás.
Nisso apareceu um outro cara na minha frente e eu passei a chupá-lo enquanto o outro me penetrava por trás. Esse cara que eu estava chupando não aquentou e gozou logo, enchendo minha boca de gozo.
Depois de ter gozado eu coloquei minha roupa e voltei a procurar o sanguessuga. Sem dar explicação nenhuma a eles fui à busca de meu objectivo: caçar o vampiro. Localizei ele em um canto escuro beijando provavelmente mais uma de suas vitimas. Me aproximei sorrateiramente e cortei a cabeça dele usando a própria espada que ele usava para fazer suas vitimas (o idiota deixou a espada em cima da mesa, próximo a ele).
Houve um tumulto generalizado na boate e todos correram, me viram com a espada do vampiro na mão e a cabeça dele rolando no chão e minhas asas negras aparecendo.
Alcei voo por cima de todos e sai de lá, já que havia cumprido minha vingança.
O vampiro que havia feito tantas vitima inocentes em Nova Iorque agora estava morto pela sua própria espada que mutilava suas vitimas depois de beber todo seu sangue.
Se as pessoas estranhas que frequentam aquele lugar falarem alguma coisa para a justiça eu voltarei lá e todos terão o mesmo fim daquele vampiro. Mas por hora vou aproveitar o resto dessa noite voando por entre as estrelas.
Sonhos eróticos sabem bem…
incontri online

Podes seguir todas as respostas a este artigo subscrevendo gratuitamente a RSS 2.0 feed. Também podes deixar um comentário, ou enviar um trackback através do seu site.
Deixe um comentário

XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>