Testemunhos eróticos reais – A minha amiga candy

Existem testemunhos eróticos mesmo reais e todos eles pretendo partilhar:

A minha historia e real. Deliciosamente real…
Sou um homem quarentão e casado, vivo em Lisboa. Para mim o sexo é transcendental, mais que uma necessidade, é uma obrigatoriedade.
Eu tenho muitas fantasias desde muito cedo. Algumas já as realizei juntamente com a minha esposa, outras, espero ainda realizar. Mas hoje, aqui, não venho falar das minhas fantasias…
Venho falar de uma amiga que conheci num chat. Ela vive no porto, tem metade da minha idade, e já somos amigos íntimos há 2 anos.
Ela é uma pessoa maravilhosa e não foi feliz na escolha do homem com quem se casou. Faz quase 5 anos de casada e vive uma vida muito cinzenta…
É muito extrovertida, linda e tem um corpo que nenhum homem resiste a cobiçar. O marido é o contrario dela, não a compreende, e só não a obriga a usar cinto de castidade porque não pode!!!
Ao fim de um mês de nos conhecermos, já falávamos de sexo com todo o à vontade e trocávamos fotos dos nossos corpos. Ela é a luxuria em pessoa. Tem um peito enorme e natural, é uma delicia.
Entre as pernas, a sua gruta é um convite à perdição. Como dizemos em Portugal, ela é toda boa… testemunhos eróticos reais
Depressa fiquei a saber que ela no sexo era uma fera. Foder para ela era uma paixão. Na cama é um autêntico furacão mas, o marido é muito fraco e nem conhece as necessidades dela…
Comigo, e através do telemóvel, ela ia alimentando as suas fantasias. Por mensagens ou por vídeo chamada, atingimos muitas vezes o orgasmo. Eram momentos deliciosos pois estávamos os dois no local do trabalho. Ela no Porto, eu em Lisboa… mas eu queria mais… queria mais para ela, e não podia dar-lhe o que ela precisava. Então, e a partir de um sonho que ela teve, incitei-a a trair o marido com um rapaz que trabalhava com ela.
Seria preciso um livro para contar todos os pormenores da aventura que ela viveu com o colega. Foram muitos os momentos de puro tesão. Se ela era um furacão, ele era um fodilhão do melhor que há.
Juntos deram as mais belas e intensas fodas. No carro dele, num quarto de motel…
Com ele ela sentiu-se uma verdadeira mulher, com ele sentiu-se a puta que ela gosta de ser. O pau dele, grosso e sempre cheio de tesão por ela, entrou-lhe no corpo de todas as maneiras. Com ele saboreou todos os prazeres da foda. Sentiu-se toda rebentada, toda inundada, toda fodida. Com ele gemeu, gritou, a vida mudou. Ela mudou de cidade mas a personalidade dela não mudou… É uma mulher de sonho, uma foda de sonho, e continua carente…
Quem será o próximo a conhecer tamanha felicidade?

Podes seguir todas as respostas a este artigo subscrevendo gratuitamente a RSS 2.0 feed. Também podes deixar um comentário, ou enviar um trackback através do seu site.
Deixe um comentário

XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>