Vi minha esposa ser estuprada

Olá a todos.
Tenho 28 anos me chamo Fabiano e minha esposa tem 23 chama-se Helena, temos ao todo o tempo,  somando namoro e casamento 7 anos, sendo 4 anos de casados, temos um filho de 3 anos e temos uma boa condição financeira.
O que vou relatar agora aconteceu no mês de Abril de 2008 na praia de santos
, somos de SP capital mas sempre que podemos gostamos de descer para santos à noite fazer um bate volta, e dessa vez fomos à ilha Porchat em São Vicente e ficamos ali em um dos vários quiosques que tem, bebendo uma cerveja e beliscando uma porção de camarão, conversando… a noite estava deliciosa mesmo.
Eu não descrevi minha esposa ainda então vou tentar ser o mais detalhado possível porque ela e realmente linda.
Ela tem cabelos castanhos claros um pouco abaixo dos ombros, lisos, pele branca pouco queimada de sol nada exagerado, um corpo maravilhoso dentro de 1,66m de altura e 53kg, olhos escuros penetrantes, a boca é a parta que mais adoro carnuda e sensual mesmo. Alguns amigos meus já disseram que ela tem um rosto sexy, daquelas mulheres que quando olhamos parece nos enfeitiçar… Sabe aquele rosto feminino mesmo mas não apenas beleza, ela tem vulgarmente falando cara de quem gosta mesmo, o corpo dela é algo assim que para o meu gosto é lindo, não tem nada de exagerado ou gigante como vi em alguns relatos por aqui, é um corpo proporcional pernas longas quadril levemente arredondado um bumbum para cima, seios médios mas naturais, os pés dela sempre cuidados com a pele macia… e sem dizer que até os pés dela são lindos, calça numero 36, são tão delicados, eu adoro.
Bem depois de tentar descreve-la vou relatar o que nos aconteceu em São Vicente, após ficarmos ali ate cerca da 1h da manhã, resolvemos dar uma caminhada na areia, então me dirigi ao caixa do quiosque, paguei nossa conta e começamos a caminhar por ali. vi minha esposa sendo estuprada
Eu havia bebido um pouco além da conta e ela também, então resolvemos procurar um local mais tranquilo e afastado para descansar um pouco antes de voltarmos.
Encontramos um corredor de pedras que dividia as praias e era muito sossegado, afastado, escuro, ideal para relaxar à vontade, e depois de alguns minutos ali a Helena resolveu dar um mergulho no mar. Claro que fui contra porque estava escuro demais e tentei convence-la a não ir dizendo que estava sem biquíni…
Acho que devido ao efeito da bebida ela tomou coragem e tirou a roupa, ficando apenas de calcinha e soutien e correu em direcção ao mar até que sumiu da minha vista por causa da escuridão do local.
Ela largou a roupa e a bolsa ali do meu lado e claro fiquei olhando não podia ir, passados alguns poucos minutos que ela foi, chegaram perto de mim dois rapazes. Um branco, mais ou menos 1,75m 70kg meio forte, nada demais, aparentava ter uns 20 anos no máximo e outro moreno, um pouco mais alto e mais forte, deveria ter mais idade que o outro rapaz, acredito que uns 30 e poucos…
Bem eles chegaram e perguntaram se eu tinha isqueiro ou fosforo para emprestar. Eu respondi que não pois não fumava. Aí o mais velho chegou mais próximo de mim e perguntou se eu não poderia arrumar 5 reais para ele comprar cigarros que os dele estavam acabando.
Claro que disse que não, já me levantei esperando um assalto e torcendo para a Helena não voltasse naquele momento!!!
Bem, eles ficaram ali, perguntaram de quem era aquela bolsa, pediram dinheiro novamente, o outro já se aproximou também e foi com um tom mais ameaçador, a exigir o dinheiro e não pedir. Foi nessa altura que eu percebi que a Helena estava retornando e como estava escuro ela não me via ali com aqueles caras. Então disse a eles que daria o dinheiro mas que fossem embora, tentando assim evitar algo pior e que eles fossem antes dela chegar…
Mas não adiantou nada, enquanto eu lhes dava o dinheiro ela chegou e já percebeu algo errado. Me perguntou o que estava acontecendo , eu disse que nada demais só estava arrumando um dinheiro a eles e que iriam embora já, e ela estava ali de pé, apenas de calcinha e soutien molhados, claro que os caras iriam olhar!!!
Foi ai que o moreno olhando para ela disse que não queria mais o dinheiro, que nos deixariam em paz mas que queria ver ela nua, pois já que ela estava de calcinha e soutien, ficar nua não custava nada…
Eu de imediato me coloquei contra, dizendo para pegarem o dinheiro e saírem fora…
Ai o rapaz mais novo puxou um revolver e me mandou calar a boca e que ela decidiria. Ela estava assustada, olhou para mim e perguntou a eles se ela fizesse isso eles iriam embora e nos deixariam em paz…
Eles claro que disse que sim e ela então retirou o soutien e a calcinha ficando nua ali para os dois olharem.
Só que o mais velho, o moreno, se aproximou dela enquanto o outro foi por traz de mim e com a arma na minhas costa dizia para eu nem sonha em me mexer se não levaria bala ali mesmo, e o outro chegando perto dela foi agarrando e passando a mão.

Ela dizia que eles tinham prometido que iriam embora, então que nos deixassem em paz.
De nada adiantou, o moreno já a segurou com mais força e a mandou calar a boca e nos levou para um lugar ali do lado onde estávamos sós, bem mais no fundo e escuro.
Mal chegamos lá, o moreno já foi metendo a mão nela e tirando o pau para fora… Ela assustada, mas sem reacçao.
Ele dizia para ela ficar quieta, que se ela colaborasse não nos machucaria. Ela meio que disse que entendeu mas pedia para não fazerem aquilo.
O moreno tirou a roupa toda, colocando para fora um pau relativamente grande, nada imenso, mas perto do meu era muito grande e já a mandou ajoelhar ali e chupar o pau dele.

Ela se ajoelhou e começou a chupar, o moreno parecia possuído, segurava a cabeça dela com as duas mãos e metia em sua boca tentando fazer ela engolir o pau dele, o que seria impossível pelo tamanho.
Depois de alguns minuto nessa chupação frenética que ele a fez fazer, colocou-a de 4 no chão, foi na frente dela, na boca, e a mandou cuspir no pau dele. Ela cuspiu claro, sem vontade e com a expressão de medo.
O moreno colocou-se atrás dela, sem se ajoelhar, ficando naquela posição de cócoras, como se a estivesse montando em cima dela…. a inclinou mais ainda, para que a buceta dela ficasse mais aberta, segurou-a pelos cabelos e posicionou o pau grosso na entrada de sua bucetinha…
Assim que ela foi pedir para não machuca-la e ir devagar, ele meteu de uma vez só até o talo fazendo ela gritar de dor…
Imediatamente ele tapou a boca dela e continuou a meter com violência e força, dando tapas fortes na bunda dela, ele não parecia apenas querer comer ela , parecia que ele queria arrombar, machucar mesmo.
Depois ele dizia coisas do tipo:
- sua puta safada, vou-te esfolar inteira!!! Vou deixar você arrombada…
Após alguns minutos assim ele se levantou, deixando ela de 4 ali no chão, foi na boca dela a mandou abrir. Enfiou o pau até ao máximo que podia, segurou na cabeça dela, não a deixando sair, e gozou…

Ela se mexia toda, engasgando com a porra que escorria pelo canto da boca.
Quando ele terminou de gozar, soltou-a, se levantou e colocou a roupa.
Então pedi por favor para nos deixar ai, que ele já havia feito o que queria!!!
Foi ai que o outro se manifestou. Passou o revolver para o moreno e disse:
- E eu não vou comer essa safada??? quero comer só o cuzinho dela!!!
Nesse momento ela começou a chorar e dizia:
- Não, por favor, nunca fiz isso….

O rapaz branco era mais agressivo, deu um tapa na cara e mandou ela calar a boca.
Ele tirou a roupa e enquanto tirava o cacete para fora dizia que agora ela estava fodida mesmo…
Fui entender, quando ele tirou a calça e surgiu um pau muito grande mesmo e grosso, a cabeça do pau dele parecia uma maça…
Ele a virou, deitando ela de frente como se fosse fazer um papai mamae, só que ele levantou as pernas bem para cima e segurava-a pelos pés, deixando-a bem aberta mesmo.
Deu uma cuspida no cuzinho dela, passou a cabeça algumas vezes e começou a enfiar. Ele fazia um pouco de força mais não entrava…
Então ele tirou, cuspiu novamente e mirou na entrada. Posicionou, levantou mais ainda as pernas dela, apoiou seu corpo e meteu o pau com força para dentro do cuzinho dela.

Nessa hora ela não aguentou e gritou muito mesmo!!!
Levou um outro tapa mas não adiantou, ela não conseguia parar de gritar e ele metia cada vez mais forte…
Ele parecia estar drogado, começou a chupar os pés dela e metendo. Cuspia nela, parecia um animal e ficou ali uns 20 minutos sem parar, ate que tirou o pau dela e mandou o outro me levar para perto… ele me fez olhar o que ele havia feito nela.
Quando olhei fiquei espantado, estava arrombado demais, nunca tinha visto uma coisa dessas, ele então a colocou de 4 e disse que queria gozar dentro dela, encher a bucetinha dela.
Meteu novamente nela de 4 e não demorou muito ele gozou dentro dela e continuou metendo… quando ele parou e tirou o pau, a buceta dela estava aberta, melada de porra e inchada…
Ele colocou a roupa rápido, pegaram minha carteira, meu celular, jogaram a chave do meu carro longe e saíram correndo dali.
Eu fui para perto dela, que ainda estava deitada de brusco no chão, toda machucada…

A abracei, a levantei, ajudei a colocar a roupa e procuramos a chave…
Depois fomos para o carro, já dentro do carro ela ainda estava calada mas não chorava.
Eu disse que iríamos na delegacia, ela na hora disse que não, pois tinha muita vergonha e não queria passar por isso…
Eu tentei retorquir dizendo que era preciso mas não adiantou.
Subimos para Sp e no outro dia comprei a pílula do dia seguinte e a levei ao hospital para fazer os exames de doenças que graças a Deus não deu nada, e depois disso nunca mais tocamos no assunto e nem fomos à praia à noite.
Esse é um relato real, de um estupro que aconteceu e não um fetiche ou fantasia e só o relatei pois sinceramente depois de algum tempo que isso ocorreu confesso que senti tesão ao lembrar, mais jamais disse isso a ela e nem vou dizer…
Um abraço a todos e aos casais que curtem ir à praia à noite tomem cuidado.
incontri online

Podes seguir todas as respostas a este artigo subscrevendo gratuitamente a RSS 2.0 feed. Também podes deixar um comentário, ou enviar um trackback através do seu site.
28 comentários
  1. Sonhinha diz:

    Ui me desculpa mas este tipo de contos eróticos ou fantasias ou o que seja, me dá um tesão brutal!!!!
    Dá vontade de ser fodida assim… pelo menos nos sonhos.

  2. sozinho diz:

    Eu posso realiza seu sonho sozinha e o conto e bacana

  3. Zorro diz:

    Olha Sonhinha se você quizer posso fazer muito melhor que isto e com certeza relatarei como um conto ou fantasia mas nunca queira estar na pele deste casal se foi verdade. Pois com certeza acabaria com qualquer tipo de amor não só no casal mas também na vida. Mas se quizer fazer de conta me procure. O estrupo é o pior dos crimes.

  4. Dreiasf diz:

    sendo verdade ou naum sendo
    meu deus eu fico toda molhada
    além de amar ficar lendo é imaginando

  5. MARCIA diz:

    NOSA ADOREI. ESSA UMA FANTACIA QUE EU
    AINDA VOU REALIZAR .FIQUEI TODA MOLHADA SO DE ME IMAGINAR NESTA SITUAÇÃO .

  6. Excelente conto. Da tesao sim.

  7. anonimo diz:

    Na verdade um otimo conto, muinto exitante, agora tem uma coisa se eu fosse vc parceiro nao deixaria estupra minha mulher numca mesmo que tive-se que arriscar minha vida eu faria de tudo pra matar esses filhos da puta :@.

  8. Shirley diz:

    Nunca fui estuprada, mas já fui forçada a pagar boquete…
    Sei que deve doer pra caramba ser penetrada assim como foi relatado nesse conto, porém dá um tesão enorme imaginar a cena.
    Quando paguei boquete eu já era casada e fiquei assustada também, mas adoro lembrar como aconteceu.

    • andre diz:

      adoraria saber como foi sua experiencia de pagar um boquete forçada.foi com quem?adoro os detalhes.tenho a fantasia de ver minha esposa pagar um boquete forçado.andre.ropke@hotmail.com

  9. NGM diz:

    Q kra fdp a mulher dele passa por issu tudo pra esse fdp ficar cm tesao dps? vtmc vc nao e homen os kras deviao ter estrupado vc e nao ela!!

  10. Shirley diz:

    Eu gostaria de ser forçada assim na frente do meu esposo,gostaria mesmo!!!

  11. Shirley diz:

    Delícia de história!!!

  12. andre diz:

    oi adorei sua comentario podemos trocar msn sou casado somos um casal normal.e meu maior sonho é ver minha esposa sendo forçada a fazer sexo por obrigação na minha frente e eu amarrado sem poder fazer nada adicona andre.ropke@hotmail.com

  13. andre diz:

    shirley me adicona adorei seu comentario andre.ropke@hotmail.com

  14. ODA diz:

    ola olha eu acho o estupro um crime dos mais graves uma covardia
    mas como fantasia é valido des de que apenas encenado
    quem quizer me add no msn podemos comentar o assunto
    dragun.oda@hotmil.com
    um abraço

  15. paulo diz:

    fantasia de varios maridos ver isso.
    Apenas com menos violência.

  16. Marco diz:

    cara aconteceu parecido comigo e minha na época noiva ( hoje somos casados )… estavamos em casa dormindo e tres caras entraram aqui… como moramos afastados da cidade e estavamos de férias era normal nao irmos para a cidade… foram 3 dias seguindos que eles fizeram de tudo com ela… no inicio tenso pra mim e pra ela… mas algo estranho e hoje consideramos incrivel aconteceu… ela mesmo chorando olhou pra mim e disse desculpa amo te amo muito mas nao to aguentando mais… e começou a chamar os caras de filhos da puta.. e pedir pra baterem nela ( ja brincavamos na nossa intimidade com chicotinhos e eu dando tapas na cara dela )… mas ela enlouqueceu de tesao… me perguntou se eu tava de pau duro… eu nao respondi… ela perguntou de novo… to sim sua puta…. ( tanto ela como eu estavamos sentindo muito tesao… sempre tive vontade de ver ela com outro mas nao tinha tido coragem de falar sobre isso ainda )… descobri q ja havia sido corno nessa noite… ela me contou q saiu com colega de trabalho… os caras me zoando me chamando de corno… eu pedi pra bater nela fui autorizado, começou com estupro e depois gostamos dos novos amigos… hoje eles frequentam nossa casa… minha noiva gravida e certeza q nao é meu pq ela me proibiu de transar com ela sem camisinha… apenas eles podem… e sempre eles trazem amigos e ainda tenho q dar dinheiro pra eles… mas tudo muito gostoso… ela gravida de uma menina… vamos nos mudar pra poder fugir disso tudo… pq nao queremos que mal nenhum aconteça para nossa filha… mas sempre que pudermos vamos procurar outros homens pra ela…

  17. kk diz:

    cara. Que muito filho da puta da sua parte deixar estuprarem sua mulher e sentir tesão nisso!
    A fantasia.. Encenando é uma coisa..
    A crueldade desse crime é enorme.

  18. Belleh diz:

    Adoorei Este Conto, amei Mesmo, Coitada Da Sua Mulher Eim

Deixe um comentário

XHTML: Pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>